Publicidade
Sexta-Feira, 18 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 29º C
  • 24º C

São Silvestre promete ser a de maior nível técnico dos últimos anos

Prova de 2014 será especial, já que terá muitos campeões de edições anteriores

LANCE!NET
Divulgação

 

A Corrida Internacional de São Silvestre completa sua 90ª edição nesta quarta-feira, dia 31 de dezembro. Cerca de 30 mil atletas, de 42 países, participarão da principal e mais tradicional corrida de rua da América Latina. Serão 15 km pelas ruas e avenidas da Capital Paulista, encerrando o ano esportivo nacional. Destaque para o elevado nível técnico desta edição para lá de especial, reunindo muitos campeões do evento nos últimos anos, no masculino e feminino. Vale lembrar que a última vitória nacional no masculino aconteceu em 2010, com Marilson dos Santos, enquanto no feminino foi em 2006, com Lucélia Peres.

A programação de horários de largadas no dia 31 de dezembro, na Avenida Paulista, em São Paulo, tem a categoria Cadeirantes começando às 7h45. O pelotão de Elite feminino terá a largada às 8h40. Logo em seguida, às 9h, será a vez do pelotão de Elite masculino, Pelotão Especial (masculino e feminino), atletas em geral e com outras deficiências.

O Brasil estará com alguns de seus principais nomes na disputa. Giovani dos Santos, destaque do Brasil em corridas de rua na atualidade, segue sendo o grande favorito. Nos últimos dois anos ele foi o melhor atleta do Brasil na São Silvestre, nas duas vezes com o quarto lugar, e acabou de conquistar o tricampeonato na Pampulha (2012/2013/2014). Ainda soma a conquista na Meia Maratona Internacional de São Paulo em 2013 e, recentemente, a Corrida Eu Atleta - 10K Rio, pela segunda vez consecutiva.

No feminino, Sueli Pereira da Silva puxa a lista de estrelas nacionais, tendo, no passado, obtido terceiro na Meia de São Paulo, quarto na Volta da Pampulha, quinto na Meia do Rio e sexto na São Silvestre, sendo a melhor brasileira na prova. Em 2014 foi quarta colocada na Maratona de São Paulo e na Volta Internacional da Pampulha. Cruz Nonata, por sua vez, foi quarta na Meia Maratona do Rio 2012, na Maratona de São Paulo 2013, sétima na São Silvestre 2013, e terceira na Meia do Rio 2014.

O etíope Tariku Bekele volta ao Brasil após dois anos para buscar o bicampeonato. Ele começou a se destacar em 2006, ao vencer o Mundial Júnior nos 5000m, voltando ao topo do pódio duas temporadas mais tarde, ao ganhar o Mundial Indoor em Valência, nos 3000m. Em 2011 venceu a São Silvestre, entrando para história como segundo atleta de seu país a conseguir este feito e, ainda, com um excelente tempo de 43min35seg, o segundo melhor desde que a prova passou a ter 15km - o melhor é 43min20seg, de Simon Chemwoyo (QUE), em 1993.

A queniana Nancy Kipron já é bem conhecida do público brasileiro e, com seus feitos, confirmou a condição de séria candidata ao topo do pódio. No ano passado venceu a Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro e a São Silvestre. Em 2014, voltou à Cidade Maravilhosa para confirmar sua qualidade e garantir o bicampeonato e ainda garantiu o título da Meia Maratona das Cataratas, em Foz do Iguaçu e o bicampeonato nos 10k Tribuna, entre outros feitos.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade