Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Rodada 32: Palmeiras aumenta a vantagem na liderança do Brasileirão

Rodada tem belos lances como o gol do jovem de 18 anos, Helinho, do São Paulo e polêmicas no jogo do Colorado

Ian Sell
Florianópolis
06/11/2018 às 13H41
Balanço da Rodada - Divulgação


Chegou ao fim a 32ª rodada do Brasileirão de 2018. O líder Palmeiras aumentou a distância agora para o novo vice-líder Internacional, para cinco pontos. Confira os principais destaques:

CAM x GRÊ - google

O que acontece com o Atlético Mineiro? A mudança no comando técnico até o momento não surge efeito. São três derrotas em sequência, a última para o Grêmio neste sábado (3), que se recuperou da traumática eliminação na Libertadores e voltou a encostar no G4 com a vitória por 1 a 0, gol do zagueiro Geromel.

Craque: Aos 33 anos, o zagueiro Pedro Geromel se mostra no auge da forma física e técnica. Além do gol marcado, ainda salvou em cima da linha uma finalização do meia Terans que empataria a partida.

FLU x VAS - google


Feio, seria um bom adjetivo para definir o clássico entre Fluminense e Vasco no sábado (4). No gramado ainda castigado do Maracanã, o gigante da colina venceu por 1 a 0 com gol de pênalti do argentino Maxi López. Os três pontos dão alivio ao time de São Januário na briga contra o descenso.

Fechou o tempo: Após o apito final do árbitro Luiz Flavio de Oliveira, Sornoza se chocou com Rildo e foi tirar satisfação com o atacante do Vasco. O meia equatoriano acabou expulso e desfalca o Flu contra o Sport na próxima rodada.

PAL 3x2 SAN - google

Jogaço é a perfeita definição para o clássico paulista na noite de sábado (4). O Palmeiras se recuperou do tombo na Libertadores no meio de semana e venceu o peixe, com gols de Dudu, Edu Dracena e Victor Luís. O peixe descontou com Copete e Dodô.

Que frango, Vanderlei: Ótimos goleiros também falham. A prova disso foi a falha do goleiro Vanderlei no gol decisivo de Victor Luís no clássico. O lateral palmeirense bateu falta de muito longe e o arqueiro santista aceitou, acontece.

Edu Dracena e Gabigol disputam a bola no jogaço entre Palmeiras e Santos - Ivan Storti/Santos FC
Edu Dracena e Gabigol disputam a bola no jogaço entre Palmeiras e Santos - Ivan Storti/Santos FC



PAR x VIT - google

Em um jogo com poucas emoções, Paraná e Vitória ficaram no 1 a 1 na Vila Capanema e seguem estacionados na parte de baixo da tabela do Brasileirão.

Calvário: Com 18 pontos na tabela, o Paraná “superou” a campanha do América de Natal em 2007, e não será o lanterna com menor número de pontos desde a instauração dos pontos corridos em 2003. Porém, com a vitória do Sport sobre o Ceará, o clube de Curitiba está matematicamente rebaixado para a série B do ano que vem.

AME x CRU - google

Sempre eles, Arrascaeta e Thiago Neves decretaram mais uma vitória do campeão da Copa do Brasil, no Brasileirão. A vitória por 2 a 1 sobre o América jogou o rival para a zona de rebaixamento.

Acabou o gás? O América parecia fazer um campeonato tranquilo, passou a maior parte do tempo no meio da tabela. Porém agora vê de perto um velho fantasma, a equipe entrou no Z4 com a derrota para o Cruzeiro e precisa correr para evitar um novo bate e volta na série A.

BOT x COR - google

O Botafogo encontrou um velho conhecido na tarde deste domingo (4) no Estádio Nilton Santos. O ex-técnico Jair Ventura, agora no Corinthians, assistiu de perto a vitória do Glorioso por 1 a 0 com gol de Rodrigo Lindoso de cabeça.

Superação: Após seis meses se recuperando de lesão, o goleiro Gatito Fernandez voltou à meta do alvinegro e garantiu a vitória após fazer grande defesa em chute do zagueiro Léo Santos aos 49 da segunda etapa.

Até onde vai a paciência? Com 33,33% de aproveitamento, o técnico Jair Ventura apresenta números piores que o do antecessor Osmar Loss. Resta saber até onde irá a paciência da diretoria e da Fiel com o treinador.

SP x FLA - google

Uma “pelada emocionante” seria o melhor termo para se definir o duelo entre São Paulo e Flamengo no Morumbi na tarde deste domingo (4). Com o time “remendado”, o tricolor paulista ficou a frente do placar duas vezes, porém permitiu o empate do Flamengo. O resultado saiu ruim para ambos.

Show de horrores: Se existe torcedor cardíaco na torcida do Flamengo, com certeza deve ter passado mal com as chances perdidas do time nos últimos dois jogos. Paquetá contra o Palmeiras, Uribe e Vitinho contra o São Paulo perderam chances incríveis com o gol vazio. O Palmeiras agradece.

Joia: O atacante Helinho, de 18 anos, entrou no intervalo e marcou um golaço no segundo tempo. O garoto se mostra uma boa opção ao tricolor nesta reta final.

BAH x CHA - google

Difícil o que pensar da Chapecoense neste ano de 2018. O time segue seu calvário, e vê uma iminente série B mais próxima, após mais uma derrota fora de casa no Brasileirão. O algoz da vez foi o Bahia na Fonte Nova, em Salvador.

Seca: A Chapecoense não venceu um jogo sequer fora de casa em todo o campeonato.

INT x CAP - google

O Colorado gaúcho bateu o Atlético Paranaense de virada na noite deste domingo (4) em Porto Alegre, com gols de Rodrigo Moledo e D’Alessandro. O colorado ultrapassou o Flamengo e é o segundo colocado com 61 pontos, cinco atrás do líder Palmeiras.

Polêmica: Após reclamar muito da arbitragem na semana passada em partida contra o Vasco, foi à vez do jogo virar. Aos 49 do segundo tempo o árbitro Rodrigo D'alonso Ferreira assinalou penalidade para o colorado. Lance pra lá de polêmico. Que tal usar o VAR, dona CBF?

SPO x CEA - google

O Sport respirou ao vencer o Ceará na Ilha do Retiro na noite de segunda-feira (5). A vitória por 1 a 0 com gol do meia-atacante Gabriel levou o time a 36 pontos, dois a mais que o Vitória, time que abre a zona de rebaixamento.

Destaque individual: Apesar da derrota e da campanha ruim, principalmente no primeiro turno, do Ceará, há de se destacar o grande campeonato que faz o goleiro Éverson.

SÉRIE B

O Fortaleza do técnico Rogério Ceni confirmou a ótima campanha na série B e carimbou sua volta à Série A do Brasileirão de 2019, ao vencer o Atlético Goianiense no Estádio Olímpico de Goiania pelo placar de 2 a 1. Bem-vindo, Leão!

O Fortaleza está de volta à Série A - Lucas Figueiredo/CBF
O Fortaleza está de volta à Série A - Lucas Figueiredo/CBF

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade