Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Rip Curl Pro começa com vitória do catarinense Alejo Muniz

Surfista de Bombinhas ganhou a primeira bateria do dia da edição comemorativa de 50 anos do circuito na Austrália

Redação ND
Florianópolis
Kirstin Scholtz/ASP/ND
Kelly Slater, que defende o título da segunda etapa do ASP World Tour, estreou com vitória

 

A edição comemorativa de 50 anos do Rip Curl Pro em Bells Beach começou em boas ondas de 4-6 pés nesta quarta feira em Torquay, na Austrália. O catarinense Alejo Muniz ganhou a primeira bateria do dia.

Além dele, o paulista Adriano de Souza e o cearense Heitor Alves também venceram, avançando direto para a terceira fase. No feminino, a peruana Sofia Mulanovich e a cearense Silvana Lima se classificaram na rodada inicial do Rip Curl Women´s Pro que fechou a quarta feira em Bells Beach.

"Esta é a primeira vez que eu surfo em Bells e o lugar é incrível, com direitas perfeitas e é o tipo de onda que gosto de surfar", disse Muniz, feliz pela vitória na primeira bateria do campeonato. Já Raoni Monteiro ficou em último e terá que encarar uma rodada extra, contra o norte-americano Damien Hobgood na quinta bateria da repescagem.

Heitor Alves estreou com uma vitória apertada sobre o americano Bobby Martinez e o australiano Owen Wright. A disputa foi acirrada principalmente contra Martinez, com o placar entre os dois ficando em 14,36 x 14,14 pontos. Já Adriano de Souza fez 14,60 pontos nas suas duas melhores ondas para bater os australianos Chris Davidson e Julian Wilson na penúltima bateria.

Na última, o potiguar Jadson André terminou em segundo lugar no confronto vencido pelo norte-americano Patrick Gudauskas e vai disputar o oitavo duelo da repescagem com o australiano Daniel Ross. O paulista Gabriel Medina, convidado da Rip Curl para esta etapa, perdeu para Mick Fanning e será o adversário de Owen Wright na segunda bateria.

A melhor estréia foi do australiano Joel Parkinson, que registrou o maior placar do dia, alcançando 17,74 pontos de 20 possíveis, no décimo confronto do dia.

O defensor do título da segunda etapa do ASP World Tour, Kelly Slater, também estreou com uma tranquila vitória, bem como outro grande favorito, Mick Fanning.

Feminino sem Jacqueline Silva

O Rip Curl Women´s Pro começou com duas vitórias sul-americanas. A peruana Sofia Mulanovich ganhou a primeira bateria contra as australianas Chelsea Hedges e Jessi Miley-Dyer. A cearense Silvana Lima também não encontrou dificuldades para vencer a australiana Laura Enever e a havaiana Melanie Bartels.

Devido ao acidente de carro na manhã da terça-feira, quando se dirigia para competir em Bells Beach, a catarinense Jacqueline Silva deve ficar fora do mar por um bom tempo. Por enquanto, não foi divulgado nenhum boletim médico oficial, mas a brasileira se encontra fora de perigo.

A ASP Internacional, por meio do Tour Manager, Renato Hickel, já garantiu um convite para a brasileira competir em todas as etapas da temporada 2012 do ASP Women´s Tour.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade