Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Premiação da Copa RIC Interligas reúne os melhores do futebol amador da Grande Florianópolis

Finalistas Estrela Azul e Fundos dominam seleção do torneio com dez representantes

Matheus Joffre
Florianópolis

A 6ª edição da Copa RIC Interligas acabou no dia 29 de maio, com a conquista inédita do Estrela Azul. Mas a festa continuou nesta quinta-feira (9), no salão de eventos do Grupo RIC, com a premiação dos melhores do campeonato – o principal torneio de futebol amador da Grande Florianópolis.

Divulgação
Atletas amadores, técnicos e dirigentes mostram os troféus


Os finalistas Estrela Azul e Fundos dominaram a seleção. O time de Biguaçu teve seis jogadores entre os melhores, além do atleta destaque da competição, o volante Juninho. A equipe de Santo Amaro da Imperatriz teve quatro representantes e o Grêmio Cachoeira teve um, mais o técnico Djone.  

Willian, do Cometa, foi considerado o atleta revelação. O melhor dirigente foi Lídio, do Campinas e a arbitragem premiada foi da Liga de São José. A artilharia ficou por conta de Juninho (Fundos), Anderson (Fundos) e Carlos Alberto (Grêmio Cachoeira), todos com oito gols.

“Dos campeonatos que eu acompanhei, que joguei, este foi o mais disputado. Tinha pelo menos cinco favoritos e uns dois, três correndo por fora. Fiquei feliz pela premiação e pela artilharia, mas trocava tudo pelo título, que é o objetivo no ano que vem”, revelou Juninho, que foi vice-campeão com o Fundos.

O Diretor regional da RICTV RECORD Florianópolis, Roberto Bertolin, destacou o crescimento da Copa RIC Interligas e o envolvimento com a comunidade.

“Eu fui lá ver a final e me chamou a atenção o envolvimento da comunidade. Apesar da chuva, tinham umas 1500 pessoas lá. Acho que a mídia associada ao futebol amador tem uma força muito grande e tem essa capacidade de envolver a comunidade. Esse é o nosso objetivo”, afirmou.

O presidente da Liga de São José, Orivaldo Leal, organiza o torneio há cinco anos e ressaltou a importância do Grupo RIC para o futebol amador da região.

“Quando existe o apoio de um órgão de imprensa, os clubes se organizam melhor, se estruturam mais. Dos 12 clubes que disputaram o torneio, oito tinham condições de disputar esse título. Foi um campeonato bastante disputado”, avaliou.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade