Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Por Zeca, Corinthians coloca dupla de atacantes à disposição do Santos

Diretoria do Timão ainda tenta acordo pelo lateral e agora está disposta a ceder Marquinhos Gabriel e Lucca ao Peixe. Negócio só com empresários esfriou

LANCE!
São Paulo (SP)

 Lucca tem rendido pouco no Corinthians e pode ser negociado  -  (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)
Lucca tem rendido pouco no Corinthians e pode ser negociado - (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

O fracasso na tentativa de oficializar a contratação do lateral Zeca na última quarta-feira fez o Corinthians mudar de estratégia. Agora, diante do imbróglio judicial vivido pelo jogador, a diretoria decidiu retomar conversas com o Santos e já colocou dois jogadores à disposição para uma eventual troca: os atacantes Lucca e Marquinhos Gabriel.

A diretoria do Corinthians está ciente de que o Santos cogita usar Zeca para reforçar seu elenco e viu na dupla uma oportunidade de seduzir os dirigentes do rival. Lucca tem contrato até julho de 2019, enquanto Marquinhos Gabriel, até julho de 2020.

Lucca retornou de empréstimo este ano após boa temporada na Ponte Preta, mas não tem atuado bem. Foi titular nos dois últimos jogos do Paulista (Mirassol e Botafogo), mas rendeu bem abaixo do esperado. Ele ainda pode ser incluído em outras negociações.

Já Marquinhos Gabriel faz parte dos planos do técnico Fábio Carille, vinha sendo titular quando sofreu uma lesão no joelho direito no mês passado. Ele só voltou a treinar com o grupo nesta quinta-feira. Mas o interesse antigo do Santos, pelo qual o atacante brilhou, faz o Corinthians aceitar liberá-lo.

Corinthians e Santos conversam há cerca de um mês sobre a possibilidade de negócio com Zeca, mas a diretoria do clube da Baixada sempre bateu o pé para receber a multa rescisória do jogador, algo em torno de R$ 50 milhões. Os dirigentes corintianos tentaram amolecer os santistas, mas sem sucesso. A partir daí, tentaram uma negociação direta com os empresários do jogador.

Tudo se amarrava bem, já que desde o ano passado Zeca possui um habeas corpus que o libera do Santos, por conta de atraso no pagamento de fundo de garantia, mas a situação travou nesta semana. Quando o jogador já tinha realizado exames médicos e o Corinthians preparado anúncio, não houve mais a garantia dada por empresários de que o clube não precisaria arcar com nada caso no futuro o Santos tivesse de ser ressarcido. Diante desse risco, a negociação melou.

Um encontro entre Bruno Paiva, representante de Zeca, e José Carlos Peres, presidente do Santos, estava previsto para esta quinta, mas não aconteceu. Ainda deve acontecer. Enquanto isso, o Corinthians aguarda.

-

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

Publicidade