Publicidade
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Polícia Militar terá 400 homens no Scarpelli para evitar confrontos entre duas torcidas

Clássico fora de campo merece atenção especial dos órgãos de segurança

Redação ND
Florianópolis
Fernando Mendes/ND
Polícia Militar tem esquema forte de prevensão para este domingo dentro e fora do estádio

 

Jogadores de Figueirense e Avaí entram em campo por volta das 15h50 deste domingo, no gramado do Orlando Scarpelli para o tira teima final do Campeonato Catarinense de 2012. Para a Polícia Militar, no entanto, o clássico decisivo começa com pelo menos seis horas de antecedência, com o início da movimentação da tropa escalada para garantir a segurança dos torcedores, dentro e fora de campo. Cerca de 400 policiais estarão trabalhando no controle do trânsito nos acessos e no entorno do estádio, nos locais de concentração das torcidas, no deslocamento da massa avaiana da Ilha ao Continente e em pontos estratégicos das arquibancadas.

De acordo com o tenente-coronel Almir Silva, comandante do 22º BPM (Batalhão da Polícia Militar) e coordenador da operação, a estratégia de atuação da polícia para o clássico no Estreito começou a ser planejada logo após o primeiro jogo, domingo passado. “A ideia é repetirmos o planejamento e as ações desenvolvidas na Ressacada”, disse o oficial.

Além de guarnições do 22º BPM, o policiamento para o jogo será reforçado com homens do 4º e do 7º batalhões, do canil, da cavalaria, do Pelotão de Serviços, do Choque e do helicóptero Águia 1, que representa o grupamento aéreo da corporação. O grande desafio do esquema montado, segundo o tenente-coronel Almir, é proteger o patrimônio público e privado no entorno do estádio e, principalmente, evitar confrontos entre representantes das duas torcidas.

Sem espaço para quem quiser aprontar, diz PM

Após o jogo, a evacuação do estádio vai depender do resultado do jogo. “A torcida do time perdedor sairá primeiro, enquanto os torcedores do time campeão permanecerão até o deslocamento para o local da festa final. “Está tudo preparado para um grande espetáculo. No entanto, a paz no estádio vai depender dos ânimos dos torcedores. Quem vier para aprontar, não terá espaço”, avisa Almir.

A informação de que grande número de torcedores adversários adquiriram ingressos para o setor D das arquibancadas do Scarpelli deixou em alerta um grupo de integrantes da Gaviões Alvinegros, uma das maiores organizadas do Figueirense. A torcida está convocando, pelas redes sociais, para a concentração exatamente na frente do setor  D, onde pretendem formar corredor para filtrar a entrada no estádio. A intenção é impedir o acesso de avaianos naquele espaço. A PM estará atenta a esta possibilidade.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade