Publicidade
Sábado, 20 de Outubro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

No embalo do centroavante matador, Figueirense encara o Londrina precisando da vitória

Furacão, de Elton, joga às 21h30 desta terça, no estádio do Café; triunfo é vital para o time de Rogério Micale

Redação ND
Florianópolis
17/09/2018 às 21H23
Rogério Micale é o novo treinador do Figueirense (Foto: Divulgação) -
Rogério Micale está há uma semana no comando do Figueirense (Foto: Divulgação) -


No dia que completa uma semana com o fardamento alvinegro, nesta terça-feira (18), Rogério Micale vai para (mais) uma decisão: o Figueirense joga às 21h30 contra o Londrina, no Paraná, em partida válida pela 28ª rodada da Série B. Há três jogos sem vitória, o Furacão precisa dos três pontos se quiser a elite do futebol nacional em 2019.

Na teoria a era Micale vai contabilizar uma semana de existência. Também na teoria, o técnico não conseguiu vencer no seu jogo de estreia, que sequer terminou – foi interrompido aos 37 do 2ºT e encerrado 46 minutos depois, contra o São Bento, empate em 2 a 2. O problema é que, em função da chuva que afetou o gramado do Orlando Scarpelli, qualquer análise sobre o trabalho do novo comandante acaba em vão.

Também por isso, aumenta a expectativa pelo primeiro jogo do técnico – em condições normais – no comando da equipe. O grupo de jogadores, inclusive, aposta na contribuição do novo treinador.

“A oscilação é normal, todos os times passam por isso. Chegou o Micale com um método diferente de trabalho, todo treinador tem um método diferente. Mas o grupo tá fechado, tá confiante no trabalho dele e, se Deus quiser, vamos conseguir as vitórias”, explicou o volante Pereira, que, mais uma vez, deve ser o titular no meio-campo do Figueirense.

Com a ausência de Zé Antônio, vetado pelo departamento médico, o camisa 25 deve começar o jogo ao lado de Betinho, na abertura do setor.

Quem volta é o lateral João Paulo, que cumpriu suspensão na última partida. A dúvida, no entanto, passa pelo escolhido para sair. Diego Renan, que jogou na esquerda, pode sair ou ir para a direita e, dessa forma, quem sai é o lateral Raul. Mistério que Micale aumentou ainda mais na manhã desta segunda (17), ao fechar o treinamento antes do embarque para o estado vizinho.

No embalo do centroavante

Se a fase do Figueirense tem sido vista com um pé atrás por parte da torcida, o momento do novo centroavante da equipe inspira muita confiança. Elton, há um mês em Florianópolis, já ultrapassou o antigo reserva André Luis e está a um gol de Henan, então titular. Foram quatro gols, todos eles marcados nos últimos três jogos. Apesar do início em branco, soma sete partidas – seis como titular – e dá margem para o clube sonhar com a Primeirona em 2019.

Adversário embalado

No compasso do experiente Dagoberto, o Londrina vem embalado nesta Segundona por duas vitórias seguidas. O Tubarão está três pontos atrás do Figueirense, uma posição atrás, em 9º e ainda sonha com o G4. O único desfalque do técnico Roberto Fonseca está no meio já que o volante João Paulo vai cumprir suspensão. Germano será o seu substituto.

 

Ficha técnica:

Londrina: Vagner; Lucas Ramin, Dirceu, Lucas Costa e Sávio; Germano, Jardel e Higor Leite; Felipe Marques, Thiago Ribeiro e Dagoberto. Técnico: Roberto Fonseca.

Figueirense: Denis; Diego Renan, Nogueira, Cléberson e João Paulo; Pereira, Betinho, Renan Mota (André Santos), Jorge Henrique e Ferrareis; Elton. Técnico: Rogério Micale.

Local: estádio do Café, em Londrina (PR);

Data: 18/09/18 Hora: 21h30.

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN); auxiliado por Flávio Gomes Barroca (RN) e Jean Márcio dos Santos (RN).

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade