Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Neymar inicia outro ciclo para a Copa do Mundo com gol

Atacante marcou na vitória da seleção brasileira sobre os Estados Unidos

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
08/09/2018 às 10H26

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Neymar, 26, iniciou o ciclo da seleção brasileira para a Copa do Mundo do Qatar com gol assim como aconteceu no começo da preparação para os Mundiais do Brasil e da Rússia. Ele marcou de pênalti na vitória sobre os Estados Unidos por 2 a 0, nesta sexta (7), em amistoso realizado em Nova Jersey. Apesar do gol, o camisa 10, que foi nomeado por Tite como novo capitão da seleção de forma definitiva, não teve uma atuação destacada. 

Neymar durante partida contra os Estados Unidos, no Estádio MetLife - Brazil Photo Press/Folhapress/Divulgação/ND
Neymar durante partida contra os Estados Unidos, no Estádio MetLife - Brazil Photo Press/Folhapress/Divulgação/ND


Ele atuou por 80 minutos até ser substituído por Everton. No período em que esteve em campo, jogou pelo lado esquerdo e teve mais liberdade ofensiva do que no Mundial da Rússia, quando o Brasil caiu nas quartas de final pela Bélgica. O jogador abusou das jogadas individuais, mas não teve sucesso. Na maioria das vezes foi desarmado ou não deu prosseguimento ao lance. 

Por outro lado, não cavou faltas. Na etapa inicial, caiu apenas uma vez após sofrer falta no meio de campo do lateral Yedlin, aos 21min. 

Na Copa, o atleta do Paris Saint Germain foi muito criticado pelas simulações. Tanto é que teve um pênalti desmarcado no confronto contra a Costa Rica após o árbitro consultar o VAR. 

Se Neymar não encenou, o lateral direito Fabinho aproveitou uma tabela com Douglas Costa para invadir a área e cavar um pênalti. O jogador do Liverpool foi o único dos titulares da seleção no amistoso que não esteve na Rússia. 

O pênalti foi cobrado por Neymar, que deslocou o goleiro Steffen para marcar o segundo gol. 

Em 2010, após a eliminação para a Holanda nas quartas de final da Copa da África, o jogador fez na vitória sobre os Estados Unidos por 2 a 0, em partida realizada no MetLife Stadium, palco do duelo desta sexta-feira. Quatro anos depois, marcou também no triunfo sobre a Colômbia. Na ocasião, o jogo foi o primeiro após a quarta colocação na Copa de 2014.

Quando Neymar marcou de pênalti, o Brasil já estava na frente do placar. Em uma jogada que envolveu três reservas do Mundial da Rússia, Marquinhos deu passe vertical para Douglas Costa, que driblou procurando o fundo do campo e, na sequência, cruzou para Firmino completar para o gol. 

Titular durante as eliminatórias, o zagueiro ficou na reserva de Thiago Silva na Rússia. Desta vez, fez dupla com o companheiro de PSG, já que Miranda não foi convocado. 

Douglas Costa atuou bem quando teve oportunidades no Mundial, porém, uma lesão muscular contra a Costa Rica logo no segundo jogo o impediu de ganhar a vaga de Willian. Firmino também teve chances na Copa e agora iniciou o ciclo como titular. Gabriel Jesus não foi chamado para os dois primeiros amistosos. 

A seleção ainda teve em campo o volante Fred e Philippe Coutinho, que fizeram partida regular até porque o time dos Estados Unidos pouco exigiu. Durante os 90 minutos, os americanos assustaram apenas duas vezes. 

O rival passa por um processo de renovação após ficar fora da última Copa pela primeira vez em 32 anos.

O time está de olho no Mundial do Qatar e, principalmente, em 2026, quando o país sediará a competição juntamente com o Canadá e o México. 

Até agora, a federação americana ainda não definiu o novo treinador —Dave Sarachan  ocupa o posto interinamente.

Tite aproveitou o fragilidade do adversários e fez as seis substituições possíveis. Assim, entraram Willian, Arthur, Lucas Paquetá, Richarlison, Dedé e Everton. Eles podem começar o jogo contra El Salvador, marcado para terça-feira (12), em Washington. O Brasil vai realizar até o final do ano mais quatro amistosos.  Em outubro, enfrentará a Arábia Saudita e Argentina nos dias 12 e 16, respectivamente.

EUA

Steffen; Yedlin, Miazga, Brooks e Robinson; Trapp (Roldán), Adams, McKennie (Delgado), Arriola (Acosta) e Green (Weah); Wood (Zardes). T.: Dave Sarachan

BRASIL

Alisson; Fabinho, Thiago Silva (Dedé), Marquinhos e Filipe Luis; Casemiro, Fred (Arthur) e Philippe Coutinho (Lucas Paquetá); Neymar (Éverton), Douglas Costa (Willian) e Roberto Firmino (Richarlison). T.: Tite

Estádio: MetLife, em Nove Jersey (EUA)

Juiz: Fernando Guerrero (MEX)

Gols: Roberto Firmino (BRA), aos 10min, e Neymar (BRA), aos 42min do primeiro tempo

Publicidade

1 Comentário

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade