Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

"Não tenho pressão nenhuma", garantiu Milton Cruz na véspera do clássico com o Avaí

Figueirense fechou a preparação para o jogo diante do Avaí, neste sábado, às 16h30, no estádio da Ressacada; Figueirense precisa da vitória para se manter próximo ao pelotão da frente

Redação ND
Florianópolis
31/08/2018 às 11H54
Clássico AVA x FIG - Divulgação/ND

O Figueirense fechou a preparação para o clássico diante do Avaí, neste sábado, às 16h30. Apesar de algumas confirmações, o comandante deixou algumas dúvidas para minutos antes da bola rolar, no estádio da Ressacada. Volante Betinho, que entrou no segundo tempo do jogo contra o Brasil (RS) deve começar uma partida dois meses depois de ser afastado em função de um procedimento cirúrgico.Muitas probabilidades e poucas certezas. Dessa maneira o alvinegro fechou a preparação, com portões fechados, para o jogo frente ao maior rival. Separados por cinco pontos na tabela, a vitória é fundamental para a manutenção do sonho da elite em 2019.

“É um clássico, mas a preparação é a mesma dos outros jogos. Nosso time pensa grande, somos acostumados a pensar grande, estamos a três pontos do G4 e nossa preparação é para fazer uma grande apresentação”, garantiu.

Eduardo e Cléberson devem formar a dupla de zagueiros já que o titular Ygor Nogueira, está suspenso. Betinho deve compor a proteção com Zé Antônio e, na linha de três meias, Ferrareis e Amorim disputam uma vaga ao lado de Renan Mota e Jorge Henrique.

Milton Cruz não indica retorno de André Santos (Foto: Divulgação) -
Milton Cruz não indica retorno de André Santos (Foto: Divulgação) -

Questionado sobre uma suposta pressão por resultado e até pelo cargo, Milton Cruz se disse tranquilo e fez uma crítica sobre a cultura do Brasil de encarar e marcar o técnico.

“Não tenho pressão nenhuma, pelo contrário, me sinto cada vez mais seguro. Confio em mim, no meu trabalho. Não tem terra arrasada, não é por que estamos em 8º. Tem uma pessoa que me dá muita segurança, o dono do clube. Vocês tem o hábito de cobrar o treinador, tem que ser ao longo do trabalho, não depois de duas ou três derrotas”, questionou.

O grupo concentra em um hotel em São José até o meio-dia, antes do embarque para o Sul da Ilha.

O Figueirense é 8º na tabela, com 34 pontos. O Leão da Ilha, invicto há nove jogos, é 3º com 39.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade