Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Na companhia da FCF, presidente do Avaí vai à CBF protestar contra arbitragem

Leão da Ilha alega prejuízo no empate diante do Oeste, no último sábado, sobretudo pela atuação do trio de árbitros do Rio Grande do Sul

Redação ND
Florianópolis
22/10/2018 às 17H43

O Avaí deve formalizar sua insatisfação com a atuação da equipe de arbitragem que apitou Avaí 1 x 1 Oeste, no último sábado, no estádio da Ressacada. Aos 49’ do segundo tempo, o lateral Guga e o atacante Jones Carioca se envolveram em lance confuso com o volante Rodrigo Souza, onde ambos avaianos caíram no chão. O árbitro Daniel Nobre Bins (RS) não viu irregularidade e só marcou tiro de meta, para desespero de atletas, comissão técnica e torcedores.

“É o trabalho de um ano inteiro, um ano inteiro”, desabafou, sob muita ira, o zagueiro Betão ao sair do campo logo após o empate em casa diante do Rubrão Paulista. O também capitão do Avaí, no dia posterior, usou seu perfil em uma rede social para ponderar, mas manter uma postura de incômodo em relação a atuação da equipe de árbitros. 

Nesta terça-feira (23), o presidente Francisco Battistotti, acompanhado do presidente da FCF (Federação Catarinense de Futebol), Rubens Renato Angelotti, vão até à sede da CBF, no Rio de Janeiro, para tratar o tema.

Geninho, do Avaí, no clássico contra o Figueirense pela Série B - Marco Santiago/ND
Geninho, do Avaí - Marco Santiago/ND

Em entrevista concedida depois do apito final, o técnico Geninho criticou duramente a arbitragem de Daniel Bins. O presidente do Leão também manifestou seu incômodo com o trabalho da equipe.

Em súmula, o gaúcho relatou um protesto do técnico Geninho ainda no gramado da Ressacada. Segue o relato:

“Após o término do jogo, o treinador do avaí, sr. eugênio machado souto, entrou no campo de jogo e se dirigiu a arbitragem com as seguintes palavras: "tu vai ver daniel, foi penalti. se foi penalti, eu mesmo vou entregar o vídeo para o coronel. vocês estão de brincadeira. vocês vão ver o que fizeram, estou no futebol há 50 anos e sei como as coisas funcionam, quando envolve alguns times como goiás, fortaleza."

Publicidade

2 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade