Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Marquinhos exime jovens de pressão por permanência do Avaí: "A responsabilidade é nossa"

Meia de 36 anos citou outros jogadores experientes e seguiu discurso de Betão de jogar com alegria para superar o Santos na última rodada e se manter na Série A

Redação ND
Florianópolis
29/11/2017 às 18H51

Já virou rotina na Ressacada. Em semana de jogo decisivo do Avaí, o capitão Marquinhos assume o papel de líder e atua quase como um porta-voz do clube do Sul da Ilha. Nesta quarta-feira (29), o meia de 36 anos fez questão de tirar o peso da partida contra o Santos dos mais jovens e chamou a responsabilidade para si e para outros companheiros mais "cascudos", como o zagueiro Betão e o lateral-direito Maicon, para a partida que pode significar a permanência do Leão na Série A.

Marquinhos marcou seu 58º gol na Ressacada e tornou-se o maior artilheiro do estádio azurra - Frederico Tadeu/Avaí/Divulgação
Marquinhos chamou a responsabilidade para os mais experientes em duelo decisivo contra o Santos - Frederico Tadeu/Avaí/Divulgação


O camisa 10 seguiu o mesmo discurso de Betão do dia anterior, de não deixar a pressão atrapalhar e jogar leve, com alegria. "A responsabilidade é dos mais experientes, nunca fugimos disso e temos que assumir isso, deixar os meninos tranquilos, jogar com alegria. Temos que desfrutar o momento decisivo. São esses momentos que nos deixam contentes em jogar futebol, uma decisão", avaliou.

Os jovens formados na base têm ajudado bastante o Avaí nesta reta final de Brasileirão. Sem Júnior Dutra, que desfalcou o Leão na última rodada com uma lesão na coxa, Luanzinho e Lourenço formaram o trio de ataque titular ao lado de Maurinho diante do Atlético-PR. Na rodada anterior, contra o Palmeiras, Luanzinho foi o responsável pelo passe que terminou no pênalti de Fernando Prass sobre Maurinho e Lourenço marcou o segundo gol do Leão. Caso Dutra, que realizará um exame de imagem nesta quinta, não tenha condições de jogo, a dupla deve ser mantida como titular na Vila Belmiro.

Além da obrigação de vencer o Santos, o Avaí precisa torcer pelo tropeço de pelo menos dois dos três rivais na briga contra a degola, Sport, Coritiba e Vitória.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade