Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Manezinho conquista etapa do Brasileiro de SUP Wave na Praia Mole

Evandro Santos, da Barra da Lagoa, foi campeão na categoria Profissional Master

Daniel Silva
Florianópolis

A Praia Mole recebeu nos últimos três dias a etapa inaugural do Circuito Brasileiro de SUP Wave, que reuniu os melhores stand up paddle surfistas tanto profissionais quanto amadores do país. Foram sete categorias em disputa, com destaque para o atleta Leco Salazar, que voltou a ser campeão após sete anos.

Em 2009, o santista foi o primeiro vencedor da competição e também o primeiro brasileiro a ganhar o Mundial, em 2012. “A vitória veio no momento certo. Foi importante para resgatar o nome da família Salazar e de toda a nossa trajetória de conquistas. Estava há um tempo sem vencer um campeonato de projeção nacional. Isso mostra que eu sigo evoluindo tanto como pessoa quanto competidor”, afirmou. 

Daniel Queiroz/ND
Evandro Santos ganhou na categoria Profissional Master


Os irmãos Caio e Ian Vaz, que dominam a modalidade nos últimos anos, caíram nas semifinais do evento. Cada um tem um título nacional, em 2014 e 2015. Caio ainda foi três vezes vice-campeão brasileiro (2012 a 2014) e também levou o Mundial no ano passado. Caio Vaz exaltou o momento vivido pelo esporte e também elogiou a estrutura da competição.

“A organização está de parabéns por conseguir viabilizar esse evento em um ano tão complicado para o Brasil, com Olimpíada. Infelizmente não tive a melhor performance, perdi na semifinal, mas o nível estava muito alto. O crescimento do esporte está claro”, declarou o atleta, que em setembro concorre na primeira etapa do Mundial de SUP Wave. 

Na final profissional feminino, Aline Adisaka venceu Louisie Frumento e ficou com o título. Nas categorias amadoras, Caroline Farias venceu o Amador Open Feminino e Angela Bauer venceu a Master Feminino. Kauan Terra, que compete aos 14 anos entre os profissionais, ganhou nas categorias Junior e Amador Open. Na Kids quem venceu foi Takeshi Oyama. 

O local Evandro Santos, da Barra da Lagoa, foi o melhor na Profissional Master. “Competição é assim. Tem dia que as ondas ficam melhores para cada um. Tive a sorte de pegar as melhores e acabei ganhando o campeonato. Agradeço ao público que me apoiou na praia. A sorte foi minha”, comentou.

 

Confira o depoimento dos irmãos Vaz:

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade