Publicidade
Terça-Feira, 18 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

ITF confirma lesão de Cilic e tenista está fora da Copa Davis em Florianópolis

Número um da Croácia será substituído por Mate Delic, 499º do ranking, no confronto contra o Brasil, no Costão do Santinho

Matheus Joffre
Florianópolis

O time da Croácia, que enfrenta o Brasil no Playoff do Grupo Mundial da Copa Davis - que ocorre no Resort Costão do Santinho, em Florianópolis, de 18 a 20 de setembro -, teve uma baixa importante.

Matthew Stockman/AFP/Lancepress
Campeão do US Open em 2014, Cilic perdeu para Djokovic na semifinal do Grand Slam na sexta

 

O número um do país dos Balcãs, Marin Cilic, não se recuperou a tempo da lesão no tornozelo que sofreu no US Open e foi oficializado como baixa da equipe. De acordo com informações da Federação Internacional de Tênis, a ITF, que organiza a competição, o tenista que chegou até as semifinais do Grand Slam norte-americano será substituído por Mate Delic, 499º do ranking mundial.

Desta forma, a Croácia terá no jovem Borna Coric, número 33 do mundo em simples, seu tenista melhor colocado no ranking. O duplista Ivan Dodig, parceiro de Marcelo Melo no circuito, quarto nas duplas e 136º em simples será o número dois da equipe seguido de Franko Sukgor, 269º e Delic.

Aos 22 anos, esta será a terceira vez que Delic é convocado pelo capitão croata. Sua primeira convocação foi a luta pela permanência no Grupo Mundial da competição nos Playoffs de 2014. Na oportunidade, contra a Holanda no saibro, Delic perdeu o primeiro encontro contra Robin Haase em cinco sets e venceu Igor Sljsling, em quatro sets. Na primeira rodada do Grupo Mundial este ano, Delic perdeu as duas partidas disputadas contra a Sérvia de Novak Djokovic e Viktor Troicki.

Delic nunca enfrentou Thomaz Bellucci, 30º, e João "Feijão" Souza , 104º, no circuito profissional. Além de Bellucci e de Feijão, o time brasileiro também contará coma  dupla formada por Marcelo Melo e Bruno Soares.

“A preparação em si continua igual. O que muda é que o principal jogador deles não está vindo. No papel, a Croácia tinha um time melhor, Cilic perto do top-10 e o Boric ali perto. Deixa o confronto um pouco mais equilibrado. O que pode fazer diferença é jogar com a nossa torcida a favor. E isso eles vão sentir um pouco, a nossa torcida faz a diferença. A quadra está bonita e com a torcida mais perto não vai ser fácil para eles jogarem aqui”, avaliou o capitão brasileiro, João Zwetsch. 

A Copa Davis volta a Florianópolis após oito anos. Em 2007, o Brasil, que tinha Gustavo Kuerten como principal estrela, venceu o Canadá. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade