Publicidade
Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 17º C

Hora do adeus? Veja lista de craques que podem não jogar a Copa de 2022

Período entre Mundiais de 2018 e 2022 terá renovação de algumas seleções, principalmente no setor defensivo; alguns ídolos já se despediram dos gramados

LANCE!
Rio de Janeiro (RJ)

 Tim Cahill, da Austrália, anunciou aposentadoria  -  (Foto: WILLIAM WEST / AFP)
Tim Cahill, da Austrália, anunciou aposentadoria - (Foto: WILLIAM WEST / AFP)


É inevitável falar de renovação e 'ciclos' após o término de uma Copa do Mundo. Ao analisar o retrospecto das seleções, é normal que prestemos atenção às idades dos jogadores e já comecemos a projetar o próximo Mundial - listando, inclusive, quem não deve figurar entre as listas de convocados.

O LANCE! separou um grupo de jogadores que, provavelmente, não irá entrar em campo nos gramados do Qatar em 2022. Além dos incertos, a lista também conta com alguns atletas que anunciaram a aposentadoria de suas seleções recentemente. Confira os detalhes abaixo e na fotogaleria acima.

Tim Cahill
Um dos maiores ídolos do futebol australiano, Tim Cahill anunciou recentemente a sua aposentadoria dos Socceroos. O atacante, atualmente com 38 anos, disputou sua quarta edição de Copa do Mundo em 2018. Foram 107 jogos e 50 gols com a camisa da Austrália, rendendo ao jogador o posto de maior artilheiro da história do país.

Rafa Márquez
O zagueiro de 39 anos revelou que não voltaria a jogar futebol depois da eliminação do México para o Brasil, nas oitavas de final do Mundial da Rússia. Rafa Márquez disse que sua aposentadoria já estava planejada; o jogador mexicano foi convocado pela primeira vez em 2002 e disputou cinco edições de Copa, balançando a rede em 15 ocasiões.

Javier Mascherano

Logo após a eliminação da Argentina no Mundial da Rússia, Mascherano foi outro jogador que decidiu pendurar as chuteiras por sua seleção. O zagueiro de 34 anos disputou 147 partidas com a camisa da Albiceleste e, emocionado, disse que passaria a ser apenas 'mais um torcedor' do país.

Andrés Iniesta
O autor do gol que deu à Espanha seu único título, em 2010, é outro que não irá disputar a Copa do Mundo de 2022. Iniesta anunciou sua aposentadoria da Fúria logo que a seleção espanhol foi eliminada, nos pênaltis, para a anfitriã Rússia. O meia completou 34 anos de idade em maio deste ano.

Lionel Messi
A participação (ou não) de Lionel Messi na Copa de 2022 ainda é uma grande incógnita. Com quatro edições do torneio na bagagem, o camisa 10 da Argentina terá 35 anos quando a bola rolar pela primeira vez no Qatar. Resta ao mundo do futebol torcer para que tenhamos mais uma chance de, quem sabe, ver o jogador hermano finalmente mostrar todo o seu talento com a camisa de seu país.

Cristiano Ronaldo
Cristiano é ainda mais velho que seu 'rival' Messi, com 33 anos completos em 2018, mas sempre chamou atenção por sua preparação e aptidão físicas. O ídolo de Portugal, recentemente apresentado na Juventus (onde assinou contrato por 4 anos), declarou que 'muitos já estão acabados' nesta idade, mas ele não. O tempo irá dizer se o camisa 7 terá condições de disputar o Mundial de 2022 em alto nível.

Olivier Giroud
O atacante da França é um dos únicos presentes na conquista do bicampeonato que provavelmente não voltarão a disputar uma Copa do Mundo. Giroud terá 35 anos no Catar, assim como seu companheiro Matuidi, mas este já anunciou que o Mundial de 2018 foi o seu último com os Les Bleus.

Luka Modrić
Eleito pela Fifa o melhor jogador da Copa de 2018, o meia da Croácia já é ausência quase que concreta para o torneio no Catar. Modrić completará 37 anos em setembro de 2022 e, por isso, dificilmente voltará a defender seu país em uma Copa do Mundo.

Luis Suárez e Edinson Cavani
A badalada dupla de ataque do Uruguai pode não retornar aos gramados do Mundial. Quando o ciclo preparatório pré-Catar se encerrar, tanto Suárez quanto Cavani terão 35 anos - idade que dificulta suas presenças no grupo da Celeste, ao menos enquanto titulares.

Paolo Guerrero
O atacante foi um dos pilares na campanha que classificou o Peru ao Mundial pela primeira vez desde 1982. Após capítulos e mais capítulos de sua novela na justiça - o peruano foi suspenso devido a um resultado positivo no antidoping -, o jogador foi liberado e marcou um gol com a camisa de sua seleção na Rússia. Caso o Peru se classifique para a competição no Catar, Guerrero terá 38 anos em 2022, o que torna bastante incerta a sua participação.

Vertonghen e Kompany
A principal preocupação da 'ótima geração belga', que deixou a Rússia com o terceiro lugar, é certamente o setor defensivo. Vertonghen e Kompany terão 35 e 36 anos em 2022, respectivamente - e além dos dois jogadores já citados, a Bélgica pode também não contar também com Alderweireld (que terá 33) e Vermaelen (que terá 35).

Diego Costa
O brasileiro naturalizado espanhol, que defende a Fúria, terá 34 anos em novembro de 2022. O atacante balançou a rede três vezes pela Espanha no Mundial da Rússia: foram dois gols contra Portugal e um contra o Irã.

Keisuke Honda
O meia do Japão completará 36 anos em junho de 2022, o que liga um sinal de alerta a respeito de sua participação no Catar. Por sua seleção, o japonês disputou três edições de Copa do Mundo (2010 a 2018) e marcou um gol no Mundial da Rússia, no empate contra o Senegal.

Falcao García
Atacante da Colômbia, Falcao García disputou sua primeira - e, possivelmente, última - edição de Copa do Mundo em 2018. O jogador dos Los Cafeteros estará com 36 anos, idade que pode pesar no seu rendimento físico.

Daniel Alves
Caso tivesse entrado em campo, Daniel Alves seria o mais velho do grupo brasileiro na Rússia, com 35 anos. Entretanto, uma lesão no joelho direito deixou o lateral de fora da Copa, praticamente sacramentando sua aposentadoria da Seleção (pelo menos em Mundiais). O jogador brasileiro terá 39 anos em 2022.

Thiago Silva e Miranda
A dupla de zaga que foi titular com o Brasil em 2018 muito provavelmente não vestirá a camisa da Canarinho na próxima Copa, já que tanto Thiago quanto Miranda estarão com 37 anos. A convocação é absolutamente impossível? Não - Nilton Santos e Djalma Santos foram chamados com 37 anos para os Mundiais de 1962 e 1966, respectivamente -, mas é certamente improvável.

Mesut Özil
O meia foi um dos jogadores mais apagados da Alemanha na Copa de 2018. No Catar, Özil terá 34 anos. A idade não é absurda, mas pode ser um incentivo a mais para que o alemão decida não defender seu país: às vésperas do Mundial, o atual camisa 10 foi duramente criticado por ter posado para uma foto ao lado do presidente turco Recep Tayyip Erdogan. Passada a polêmica, o próprio pai do jogador disse que, caso fosse o filho, já teria optado pela aposentadoria.

Manuel Neuer
O goleiro da Alemanha completará 36 anos em março de 2022. A idade não seria absurda para um arqueiro disputar um Mundial, mas o próprio Neuer já ressaltou não ter certeza sobre sua participação no torneio no Catar.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade