Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Guga é nomeado embaixador do Comitê Paralímpico Brasileiro

O tenista foi surpreendido com o convite durante a premiação do Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas

Viviane de Gênova
Florianópolis

O ex-tenista Gustavo Kuerten foi nomeado o novo embaixador do Comitê Paralímpico Brasileiro. O ídolo catarinense recebeu o convite durante a solenidade de premiação do Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas, maior campeonato da América Latina na categoria, encerrado neste domingo (11), em Florianópolis, parte das atividades da Semana Guga Kuerten.

Semana Guga Kuerten/Divulgação/ND
Surpreendido com o convite, o ídolo aceitou na hora

 

Foi na quadra principal do Jurerê Sports Center, onde foi realizada a cerimônia de premiação, que o presidente do CPB, Andrew Parsons, surpreendeu Guga com o convite inesperado. “Guga faz parte de um Brasil que vence. Você foi um desbravador que superou as adversidades como os nossos paratletas”, afirmou.

O tenista, por sua vez, não pensou duas vezes e aceitou a proposta. “Aceitei de coração aberto e muita empolgação para aprender com os paratletas”, afirmou. Ele ainda aproveitou a ocasião para agradecer as 102 pessoas inscritas na competição, que abriu a Semana Guga Kuerten, no dia 8.  “Vocês são um exemplo precioso para nós. Esse evento não vai existir se não houver a disputa em cadeira de rodas. Agora como embaixador paraolímpico então, minha responsabilidade aumenta”, declarou.

Pelo quarto ano consecutivo, a Semana Guga Kuerten promoveu o Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas e distribuiu R$ 65 mil em premiação, além de somar pontos no ranking da Federação Internacional de Tênis, a ITF.

Torneio revela uma tricampeã e um bicampeão brasileiros

Dois brasileiros se destacaram durante o Torneio Profissional de Tênis em Cadeiras de Rodas da Semana Guga Kuerten.  Na categoria Quad, pelo segundo ano consecutivo, o vencedor foi Ymanitu Silva (13º no ranking), atleta de Biguaçu. Como na final de 2014, ele conquistou o bicampeonato ao derrotar o chileno Pablo Araya (22º). O jogo terminou com o placar de 2 sets a 0, parciais de 6-1 e 6-3.  

Já a brasileira Natália Mayara (19º no ranking) não se intimidou com o fato de Louise Hunt (14º), da Grã-Bretanha, sua adversária na final feminina do torneio, estar melhor ranqueada. A estreante na competição começou melhor, venceu o primeiro set, mas não resistiu ao grande momento de Natália, que disputou a Semana Guga Kuerten pela terceira vez e conquistou o seu terceiro título. Depois de perder o primeiro set por 6-3, Natália ganhou o segundo por 6-2 e virou a partida ao vencer o terceiro por 6-4 e fechar em 2 sets a 1, após uma hora e 34 minutos de jogo.

Mas, apesar dos destaques brasileiros, o australiano Adam Kellerman foi quem levou a melhor na final da chave principal do campeonato. A disputa foi entre os dois atletas com melhor ranking entre os que estavam competindo. O campeão da edição 2014, o brasileiro Daniel Rodrigues (17º do ranking), não resistiu ao australiano Adam Kellerman (11º), que ganhou o título inédito ao vencer por 2 x 0, parciais de 7-6 e 6-3.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade