Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Floripa Futsal decide nesta quinta-feira última vaga à próxima fase da Liga

Equipe precisa vencer o Guarapuava, fora de casa, e torcer por Orlândia para passar de fase

Daniel Silva
Florianópolis

O presidente do Floripa Futsal, Valci Moreira, é presença garantida em praticamente todos os jogos da equipe. Na última semana, o dirigente pegou um avião em cima da hora para assistir a derrota de 2 a 1 para o Orlândia. Moreira não estará presente na decisão com o Guarapuava nesta quinta-feira, no Paraná, por compromissos com possíveis novos patrocinadores do clube, mas ficará na torcida pela classificação do time para a fase quartas de final da Liga Futsal. Para conquistar esse objetivo, além de vencer fora de casa, o Floripa tem de torcer para Orlândia derrotar Umuarama.

Marco Santiago/ND
Vinícius é o vice-artilheiro do time na Liga Futsal, com nove gols


A missão parece impossível, mas não para o presidente, que antecipou a viagem dos jogadores para Guarapuava em um dia para que eles pudessem descansar, depois de cinco partidas disputadas em 13 dias, O cansaço e a arbitragem serão os principais adversários na noite de hoje. “Eles precisam ganhar da gente, é muito difícil de jogar no Paraná, a arbitragem ajuda demais. Acho que a Liga deveria ter escalado um juiz neutro. O quadrangular é difícil, só viajamos de ônibus, descansamos um dia e tem jogo no outro, não tem como recuperar os jogadores”, comentou.

Com cinco pontos, mesma pontuação do Guarapuava, o Floripa Futsal é o lanterna do Grupo C. Orlândia, que joga em casa, tem dez, e se vencer o Umuarama, que soma sete pontos, abre caminho para a conquista da vaga para o time da Capital. Confiança é o que não falta. Depois da goleada de 7 a 3 sobre o Umuarama, Moreira disse que o Floripa “buscará o impossível”. “Mandarei uma mensagem para ser lida na hora da preleção. O impossível para nós nunca existiu. Disputamos duas semifinais da Liga. Temos que passar por cima de tudo”, afirmou.

Futuro em xeque

O futuro do Floripa Futsal na Liga não depende só da classificação para as quartas. A equipe pode não participar da próxima temporada, já que desistiu de comprar a vaga de Horizontina, clube do Rio Grande do Sul que aluga o direito de competir pelo torneio nacional. A saída pode ser competir como convidado. “No começo pediram R$ 550 mil, depois cresceram o olho e está em R$ 1,2 milhão. Como vamos arrumar o dinheiro se já é difícil conseguir para fazer viagem, pagar jogador. Em último caso,  pelo regulamento a Liga tem poderes de convidar até quatro equipes, podemos jogar como convidados. Tem muito time sem vaga que quer jogar e queremos continuar”, explicou. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade