Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Filipe Toledo perde na estreia em Bells Beach e vai para repescagem

Agora, o brasileiro encara o havaiano Dusty Payne no segundo round da competição

LANCE!NET
Divulgação

 

Após o ótimo começo de temporada em 2015, com seu primeiro título em etapas da Liga Mundial de Surfe, conquistado na Gold Coast, na Austrália, Filipe Toledo não teve bom início na segunda etapa da WSL, em Bells Beach, ainda na perna australiana da competição.

O atual líder do ranking mundial, fez sua estreia no evento, na madrugada desta quinta-feira, em bateria contra o surfista da casa Owen Wright e contra o também brasileiro Jadson André. Filipinho ficou apenas com a terceira posição da bateria, e não conseguiu a classificação direta para o terceiro round e terá que disputar a repescagem.

Filipe começou a disputa tentando pressionar os adversários com duas ondas. Mas as duas notas foram baixas, um 4.83 e um 5.03, e depois disso o brasileiro seguiu tentando, mas sem sucesso. O mar não estava dos melhores e depois de ver Wright tirar um 8.9, o atleta de apenas 19 anos precisaria de uma onda muito boa para virar a pontuação.

Ao final da bateria, Filipinho somou só 9.86, enquanto o vencedor Owen Wright fez 13.90 e Jadson ficou com 11.63. A dupla de brasileiros vai para o round dois, e o australiano espera para a disputa do terceiro round.

No segundo round, Filipe enfrenta o havaiano Dusty Payne na quinta bateria. Jadson encara o também brasileiro Miguel Pupo na bateria número oito. Os brasileiros Adriano de Souza, Wiggolly Dantas e Ítalo Ferreira também disputam a respecagem, que tem chamada programada para 18h desta sexta-feira, no horário de Brasília. O único brasileiro que se classificou direto para o terceiro round é o atual campeão mundial Gabriel Medina.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade