Publicidade
Terça-Feira, 18 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Caio marca no final, e Figueirense vence o Náutico na estreia do Brasileiro

Fernandes marcou o primeiro doo Alvinegro no segundo tempo. Araújo diminuiu de pênalti.

Marcone Tavella
Florianópolis
Marco Santiago/ND
Caio estreou no sábado e marcou gol da vitória aos 48 minutos do segundo tempo

 

O Figueirense sofreu, mas venceu na estreia do Brasileiro. Diante do Náutico, neste sábado, no Orlando Scarpelli, brilhou a estrela do ídolo Fernandes e do estreante da partida, Caio. Em um gol na base da raça, o jovem jogador deu a vitória ao time, que terminou a rodada na liderança temporária do Brasileiro. O atacante Araújo, de pênalti, fez o gol do Náutico. Na próxima rodada, o Figueirense vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Fluminense no domingo, às 18h30, no Engenhão. O Náutico joga novamente no sábado, às 21h, contra o Cruzeiro, nos Aflitos. 

No primeiro tempo, a equipe treinada pelo técnico Alexandre Gallo veio com uma proposta clara de empatar a partida. Muita demora nas reposições de bola e o time fechado no campo de defesa.  Uma muralha armada por Derley e Elicarlos. O lateral-esquerdo Guilherme Santos e os atacantes Caio e Roni conseguiram chegar na base da jogada individual, mas o primeiro tempo terminou empatado.

Na volta do intervalo, o Figueirense manteve a posse da bola e Roni infernizou a vida do Auremir, volante improvisado na lateral-direita. A melhor delas foi aos 18 minutos. Vindo da esquerda, ele passou por dois e de fora da área chutou forte. A bola passou ao lado do gol de Gideão. 

O tempo passava e o nervosismo ia tomando conta das ações do time, que errava muito no meio-campo. Foi a vez do ídolo Fernandes aparecer para decidir. Vindo do banco de reservas, o meio-campo recebeu um passe de Toró, que contou com corta-luz de Túlio, avançou para cima dos zagueiros alvirubro e mandou no canto do gol aos 31 do segundo tempo.

O time não soube aproveitar a vantagem e em cobrança de falta da intermediária, Sandro forçou a jogada em cima de Ronaldo Alves, que caiu na área. Pênalti marcado pelo árbitro Arilson Bispo da Anunciação. O atacante experiente Araújo foi para a bola e empatou a partida.

O tento deu uma equilibrada no jogo e o Náutico quase ampliou com jogada de linha de fundo do Ramón, que Araújo mandou pra fora. O jogo voltou a ser do Figueirense com a expulsão de Márcio Rosário, que pos a mão na bola, já tinha cartão amarelo e deu adeus a partida.

Foi a vez da sorte do estreante Caio fazer jus a superioridade do Alvinegro na partida. Com pressão nos minutos finais, aos 48 minutos, Roni levantou na pequena área, Canuto escorou e Caio precisou de duas finalizações para dar a vitória ao seu time. 

Ficha de Figueirense 2 x 1 Náutico: 

Figueirense: Wilson; Pablo (Coutinho), Canuto, Sandro e Guilherme Santos; Ygor, Túlio, Toró (W. Potker) e Luiz Fernando (Fernandes); Roni e Caio. Técnico: Argel Fucks.

Náutico: Gideão; Auremir, Ronaldo Alves, César Marques e Márcio Rosário; Elicarlos, Derley, Souza (Glaydson) e Cléverson (Lúciu); Araújo e Ramón (Ramirez). Técnico: Alexandre Gallo.

Gol (s): Fernandes aos 31 minutos do segundo tempo, Caio aos 48 do segundo tempo (F); Araújo aos 34 minutos do segundo tempo (N).

Cartão amarelo: Caio, Canuto, Sandro (F); Souza, Márcio Rosário (N).

Cartão vermelho: Márcio Rosário (N).

Local: Orlando Scarpelli. Data: 19/05/2012. Horário: 21h. Arbitragem: Arilson Bispo da Anunciação (BA), auxiliado por Rodrigo Pereira Jóia (RJ) e Adson Márcio Lopes Leal (BA).  

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade