Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Branco aposta no aspecto disciplinar e dedicação dos atletas para estrear com vitória no Estadual

Figueirense estreia no dia 21 contra o Marcílio Dias

Liana Coelho
Florianópolis
Janine Turco/ND
Branco está confiante na temporada do Figueirense

 

 

Os principais objetivos do Figueirense na pré-temporada são a preparação física e o condicionamento muscular dos atletas. Para isso, o técnico Branco projeta os primeiros passos na carreira de treinador justamente com o que aprendeu como jogador: a disciplina. A 11 dias da estreia no Campeonato Catarinense, o treinador afirmou que a dificuldade inicial é a falta de tempo para preparar a equipe, mas está confiante em um futuro próspero do elenco e aposta todas as fichas no aspecto disciplinar.
“Minha vida profissional sempre foi feita de desafios e tentei passar isso aos jogadores nesse início de trabalho. O livro que eles estão lendo, de repente, fui eu que escrevi e o atleta que não estiver bem condicionado e disciplinado, não vai para frente”, comentou. Sobre o primeiro contato com a equipe alvinegra, o técnico gostou do que encontrou no Scarpelli e elogiou o perfil do elenco, destacando o entrosamento entre os novos jogadores e os atletas que já estavam no clube.
Branco ressaltou que a falta de tempo será o primeiro obstáculo a ser ultrapassado pelo grupo. “O tempo de preparação é curto e entraremos no campeonato devendo alguma coisa em algum aspecto, é difícil chegar a 100% de condicionamento, mas isso é natural. O foco principal do nosso trabalho é a parte física e nessa semana mesmo já começo a introduzir a questão de posicionamento, de conclusões a gol, cruzamentos, posicionamento dos zagueiros e assim, vamos montando o quebra-cabeça”, concluiu.

 

Branco elogia chegada de Roni
Para o técnico Branco, os reforços necessários ao grupo já chegaram e o time está praticamente fechado. Com a provável contratação do meia Roni para ocupar a vaga de Elias, a pré-temporada vai moldar a nova cara do Figueirense e a equipe não deve receber mais novidades para a estreia do Catarinense.
“O grupo está muito homogêneo, equilibrado, demonstrando muita qualidade na parte técnica. Agora é trabalhar para entrosar o time”, afirmou. “O Roni está com a negociação praticamente fechada e torço por isso, pois é um jogador jovem, tem um futuro brilhante pela frente, e se trabalhar bem, tem a possibilidade até de jogar uma Olimpíada. Tem muito potencial e vai ajudar o Figueirense”, completou.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade