Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Figueirense desbanca embalado Guarani, volta a vencer na Série B e encosta no G4

Furacão bateu o Bugre por 3 a 2 e subiu para 6ª posição; vitória alvinegra foi a primeira da equipe no estádio do adversário, em Campinas, em toda sua história

Diogo de Souza
Florianópolis
17/07/2018 às 23H44
Guarani e Figueirense, Série B 2018 - Folhapress
Comemoração do primeiro gol alvinegro em Campinas na noite desta terça-feira,  - Folhapress

O Figueirense bateu o embalado Guarani pelo placar de 3 a 2, deu fim a um jejum de quatro jogos sem vitória e, de quebra, voltou a encostar no pelotão da frente da Série B. Mesmo cheio de desfalques, o time de Milton Cruz foi melhor e mereceu um resultado histórico já que, pela primeira vez, o Furacão saiu do Brinco de Ouro da Princesa com três pontos. Com a vitória o clube subiu três posições e assumiu, momentaneamente, a sexta posição, com 25 pontos. O Guarani caiu para oitavo, estacionado com 23. 

A noite era de superação. Há quatro jogos longe das vitórias, o Figueirense entrou em campo no tradicional Brinco de Ouro da Princesa bastante pressionado devido ao maior jejum da equipe na temporada. Para contribuir, o clima fora do campo é de instabilidade já que alguns funcionários alegam atraso nos salários e, em duas semanas, perdeu dois atletas para o mercado nacional e internacional.

Betinho, Pereira, Jorge Henrique e João Paulo, lesionados, colaboraram para que a jornada exigisse o mais alto grau de resiliência.  

E o futebol, surpreendente e imponderável, tratou de armar das suas. Henrique Trevisan, que há uma semana esteve em campo pelo Figueirense no brasileiro de aspirantes, subiu mais que todo mundo em um escanteio e mandou para o fundo da rede. 1 a 0.

Mesmo depois do empate de Rafael Longuine, o time de Milton Cruz não se abateu e passou a frente mais uma vez. Gustavo Ferrareis, com uma colaboração do goleiro Oliveira, chegou às redes. Matheus Oliveira empatou mais uma vez e, já na segunda etapa, Henan voltou a marcar depois de quase dois meses longe do barbante.

Os minutos finais foram de pressão do Bugre. O time de Milton Cruz, no entanto, se manteve intransponível e conquistou três pontos importantíssimos nesta Série B 2018.

"Pressão no final [do jogo] é normal, soubemos suportar bem a pressão deles aqui que são muito fortes. Temos que ter a tranquilidade de chegar em casa e vencer lá, que sempre foi o nosso diferencial", valorizou o lateral Diego Renan, ao final do jogo. 

O Guarani volta à Série B na próxima rodada, em noite de terça-feira cheia. O Bugre joga na Curuzu, contra o Paysandu, às 20h30. O Alvinegro volta a jogar em frente ao seu torcedor um pouco mais cedo, às 19h15, contra o Vila Nova.

Ficha técnica:

Guarani: Oliveira; Kevin, Everton Alemão, Edson Silva e Pará; Willian Oliveira (Guilherme), Ricardinho, Matheus Oliveira (Marcão), Rafael Longuine e Denner (Rondinelly); Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer.

Figueirense: Denis; Diego Renan, Cléberson, Nogueira e Trevisan; Zé Antônio, Matheus Sales, Patrick (Maikon Leite), Renan Mota e Ferrareis; Henan (André Luis). Técnico: Milton Cruz.

Gols: Longuine (20/1ºT), Matheus Oliveira (42/1ºT); Trevisan (7/1ºT), Ferrareis (29/1ºT), Henan (11/2ºT) (FIG)

Cartões amarelos: Matheus Oliveira, Rondinelly (GUA); Matheus Sales, Renan Mota (FIG)

Arbitragem: Denis da Silva Ribeiro Serafim-AL; Pedro Jorge Santos de Araújo-AL e Rondinelle dos Santos Tavares-AL.

Local: estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP. Data: 17/07/18

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade