Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Fifa multa Shaqiri e Xhaka por comemorações políticas em gols da Suíça

Atletas foram multados, mas estão liberados para enfrentar a Costa Rica

Folha de São Paulo
SÃO PAULO (SP)
25/06/2018 às 15H28
Shaqiri vai defender a Suíça na Copa do Mundo (Foto: Anne Christine Poujoulat/AFP) -
Shaqiri enfrentará a Costa Rica na Copa do Mundo (Foto: Anne Christine Poujoulat/AFP) -


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Comitê Disciplinar da Fifa aplicou multa nesta segunda-feira aos jogadores Shaqiri e Xhaka, da Suíça, pelas comemorações de cunho político na vitória da seleção suíça contra a Sérvia, 2 a 1, pela segunda rodada da Copa do Mundo. A multa para cada atleta é de 10 mil francos suíços (cerca de R$ 38 mil).

A advertência em forma de multa tranquiliza o selecionado suíço, que temia a possibilidade de ter sua dupla vetada para o duelo contra a Costa Rica, na quarta-feira (27), pela última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo.

O duelo entre suíços e sérvios, que aconteceu na sexta-feira (22), se tornou pauta política em virtude das comemorações de Shaqiri e Xhaka. Ambos possuem laços kosovares de família, país com muitos habitantes de origem albanesa e de relação tensa com a Sérvia há décadas.

Shaqiri é nascido em Kosovo, assim como o meio-campista Behrami. Por outro lado, Xhaka tem pais kosovares –o pai do camisa 10, inclusive, foi preso pelo regime sérvio durante a década de 1980.

A multa aplicada pela Fifa se estendeu ao lateral suíço Stephan Lichtsteiner, que acompanhou os dois colegas de time ao comemorar também usando o gesto da águia de duas cabeças, que é o símbolo da Albânia. Lichtsteiner foi multado em 5 mil francos suíços (cerca de R$ 19 mil).

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade