Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

"Ficará marcado para o resto de nossas vidas", diz Follmann sobre visita ao Papa Francisco

Delegação da Chapecoense foi recebida pelo sumo pontífice na Praça São Pedro, no Vaticano, na manhã desta quarta-feira (30)

Matheus Joffre
Florianópolis
30/08/2017 às 15H51

A recepção da delegação da Chapecoense pelo Papa Francisco na manhã desta quarta-feira (30) foi marcada pela emoção. Cerca de 80 pessoas, entre jogadores, dirigentes e familiares dos atletas que morreram no acidente aéreo na Colômbia, em novembro do ano passado, participaram do encontro na Praça São Pedro, no Vaticano.

Jakson Follmann e Alan Ruschel foram abençoados pelo Papa Francisco - Andreas Solaro/AFP
Jakson Follmann e Alan Ruschel foram abençoados pelo Papa Francisco - Andreas Solaro/AFP


Sobreviventes da tragédia, Alan Ruschel e Jakson Follmann ganharam atenção especial e foram abençoados pelo sumo pontífice. “Para mim, significou muito essa visita ao Papa, no Vaticano, um momento histórico, que com certeza vai ficar marcado para o resto da minha vida. Um momento ímpar não só para mim, mas acho que para todo mundo que foi visitá-lo”, afirmou um emocionado Follmann. “ O Papa foi muito humilde e gentil de vir até nós e cumprimentar a todos e tivemos a sorte de ele dar a benção para mim e para o Alan. Isso nos deixou motivados para tocar nossas vidas, dar sequência à nossa recuperação, uma motivação a mais. Vai ficar marcado para o resto das nossas vidas”, completou o ex-goleiro, que hoje é embaixador do clube do Oeste catarinense.

Ruschel teve o terço abençoado pelo Papa e também se emocionou com a visita ao sumo pontífice. “Momento único, histórico para mim. Eu fui muito abençoado por Deus depois que tudo o que aconteceu e chegar aqui e ter a benção do Papa, a presença dele pertinho, botando a mão na minha cabeça, abençoando o meu terço, não tem coisa melhor e mais satisfatório, então estou muito feliz por esse momento”, comemorou o lateral-direito.

O presidente da Chape, Plínio David De Nês Filho, entregou uma camisa do Verdão ao Papa com o nome Francisco, uma medalha e uma placa de agradecimento. A delegação da Chapecoense segue na Itália, onde nesta sexta-feira disputará um amistoso contra a Roma, às 15h45 (horário de Brasília), no Estádio Olímpico.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade