Publicidade
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Festa pelo título do Figueirense atravessa a noite e deve invadir a madrugada na Capital

A expectativa é pela chegada da delegação no início desta segunda-feira em Florianópolis

Diogo de Souza
Florianópolis
08/04/2018 às 23H03

Título em Florianópolis, independente da cor, é certeza de festa em um tradicional bar na Beira-Mar Norte. Depois do 18º título do Figueirense, os torcedores alvinegros se espalharam pela cidade por meio de buzinaço, fogos de artifício, bandeiras entre outros mecanismos de festa, todos eles, balizados pelo estabelecimento às margens do oceano.

Entre as centenas de pessoas, duas mulheres com corações – e camisetas – divididos. Priscila de Medeiros, 34 anos, não escondia a felicidade e o time do coração a partir de um sorriso de orelha a orelha. Ao lado dela e de moletom sobre a camiseta verde musgo da Chapecoense, Noeli Woiciechowski, 35, que deixou a frustração de lado para comemorar a alegria da amiga. “Vimos o jogo em casa, cada uma com seu clube do coração, mas, em nome da amizade, resolvemos vir aqui ver a festa do título”, justificou Noeli.

Festa pelo título do alvinegro invadiu a madrugada - Flávio Tin/ND
Festa pelo título do alvinegro invadiu a madrugada - Flávio Tin/ND

Entre os gritos de é campeão, muita comemoração mas também provocação. Poucos os torcedores que, em algum momento, esqueceram o Avaí e principalmente o meia Marquinhos. “Olha aqui, eu não tenho nada contra o Marquinhos. Eu só queria que ele soubesse que nós somos campeões”, lembrou, com o escudo do Figueirense entre os dentes que se identificou apenas como Claudio, 41 anos.

A festa que iniciou logo após o apito final de Braulio da Silva Machado, adentrou a noite e invadiu a madrugada, horário de chegada da delegação alvinegra em Florianópolis.

Confira o vídeo feito durante a festa: 

Publicidade

1 Comentário

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade