Publicidade
Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Excesso de politicamente correto está estragando o futebol segundo Elias

O volante citou que a falta de tolerância está diminuindo a paixão pelo esporte e o deixando mais chato

LANCE!

O volante falou também que o Galo tem de fazer mais a sua parte para entrar de vez no G4- (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)
O volante falou também que o Galo tem de fazer mais a sua parte para entrar de vez no G4- (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)


O volante Elias está livre da suspensão imposta a ele pelo STJD após ser condenado por xingar o árbitro Péricles Bassol na derrota para o Palmeiras por 3 a 2, em julho passado.

Em entrevista na cidade do Galo, Elias diz não concordar com a pena cumprida e que o futebol está muito intolerante e excessivamente no politicamente correto, perdendo a sua essência que faz ser um esporte apaixonante.

- Tudo que a gente fala, estamos sendo observados. Foi minha primeira punição e não concordo com ela. O futebol está ficando chato. Não podemos comemorar, fazer aquela provocaçãozinha na torcida adversária após ser vaiado o tempo todo e fazer um gl fora de casa. Isso pode gerar punição. A tolerância esta sendo zero. Por exemplo: o que aconteceu com o Bolsonaro foi falta de tolerância, Não voto no Bolsonaro, mas temos que tolerar e respeitar. Temos de ser mais tolerantes nas brincadeiras e deixar o futebol melhor, disse Elias.

Quando o assunto foi o time do Galo dentro de campo, o jogador também fez um discurso de cobrança, mas com a equipe, afirmando que a hora de perder pontos bobos já passou caso a equipe ainda esteja com o pensamento no titulo brasileiro.

- A diferença de pontos para o líder é grande. Mas vamos buscar nosso primeiro objetivo que é ficar no G4. Depois tentar um sprint final para tentar vencer o Brasileiro. E, agora para isso, temos de evitar a perda de pontos bobos. Os resultados da rodada vinham a nosso fazer e não fazíamos a nossa parte. Agora, temos de fazer nossa parte, vencer, ficar perto dos lideres e assim buscar nossos objetivos.

O Atlético-MG está com 38 pontos na tabela, apenas três do G4. Um tropeço de Grêmio ou de Flamengo e vitória atleticana sobre o Atlético-PR, segunda-feira,m 10 de setembro, pode deixar a equipe entre os lideres da competição.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade