Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Estrela Azul vence Fundos por 1 a 0 e é campeão da Copa RIC Interligas

Atacante Marcelo Silva fez o gol do título para o time de Santo Amaro da Imperatriz

Sandro Machado
Florianópolis

O Estrela Azul conquistou neste domingo (29) o título da Copa RIC Interligas 2016 ao vencer o Fundos, de Biguaçu, por 1 a 0, em Santo Amaro da Imperatriz. O mau tempo atrapalhou a qualidade do jogo no campo Longino Horstemann, no bairro Sul do Rio, mas não afastou o público, que lotou o local para ver a conquista inédita do Estrela. O gol do título foi marcado pelo atacante Marcelo Silva aos três minutos do segundo tempo.

Marco Santiago/ND
Estrela Azul conquistou título inédito da Copa RIC Interligas


Ele recebeu lançamento do meia Anderson e tocou na saída do goleiro Nei. Era o primeiro ataque do Estrela na etapa. A melhor chance até então tinha sido do Fundos. Ao 21 do primeiro tempo, o zagueiro Bolão cruzou e o atacante Cheirinho, sozinho na área, perdeu grande chance de abrir o placar.

Depois do susto, o Estrela Azul respondeu criando duas boas jogadas. Aos 30, Nei fez grande defesa em chute de Marcelo Silva. O atacante, destaque da decisão, voltaria a levar perigo logo depois, recebendo na área, passando pelo lateral Sarará e batendo rasteiro à esquerda de Nei. 

Marco Santiago/ND
Marcelo Silva teve duas boas chances antes de marcar


Com o gol no início do segundo tempo, o Estrela Azul tomou conta do jogo e criou boas chances de ampliar. O Fundos atuava no contra-ataque, mas sem sucesso. Com o apito final, o Estrela ganhou a vaga da Grande Florianópolis para o Estadual de futebol amador.

A conquista também foi uma vitória pessoal para o técnico Nádio Rachadel, único treinador duas vezes campeão da Copa RIC (venceu em 2012 com o Unidos MRS) ao lado de Djone Kammers, que ganhou em 2014 e 2015 com o Grêmio Cachoeira. 

Marco Santiago/ND
Chuva deixou o campo pesado


Estrela Azul (1)

Diego, Tiaguinho, Michel Nunes (Ike|), Bolão e Wellington, Marquinhos, Diego Goncalves (Fabio Martins) e Anderson (Mainha), Alemão (Neném), Pará e Marcelinho Silva (Kezinha). Técnico: Nádio Rachadel.

Fundos (0)
Nei, Claudio, kaka, Tiziu e Sarará, Juninho, Bitoca (Felipinho) e Vanderson, Higor (Jonathan), Cutelo (Playboy) e Cheirinho. Técnico: Silvano Mello.

Gol: Marcelo Silva, aos três do segundo tempo. Arbitragem: Rodrigo Davi da Silva, auxiliado por Fabiano Coelho da Silva e Henrique de Oliveira Dzbansky (trio de Florianópolis). Local: Estádio Longino Horstemann, no Sul do Rio, em Santo Amaro da Imperatriz.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade