Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Guga é homenageado na quadra central de Roland Garros em Paris

A solenidade aconteceu antes da final do Grand Slam em comemoração ao aniversário de 20 anos da vitória inédita do tenista no Aberto da França

Redação ND
Florianópolis
11/06/2017 às 19H09

Um tributo especial organizado pelo Hall da Fama do Tênis Internacional (HOF) fez Gustavo Kuerten retornar, muito emocionado, à quadra central de Roland Garros, neste domingo (11), em Paris. Guga foi homenageado antes da final do Grand Slam, numa cerimônia que reuniu o CEO do HOF, Todd Martin, e o presidente da instituição, Stan Smith, além de campeões do tênis que integram, assim como ele, a galeria dos imortais do esporte.

Guga voltou à quadra central de Roland Garros acompanhado dos filhos para receber a homenagem - Paul Zimmer/Divulgação
Guga voltou à quadra central de Roland Garros acompanhado dos filhos para receber a homenagem - Paul Zimmer/Divulgação


A solenidade foi realizada para comemorar o aniversário da conquista dos 20 anos da vitória inédita do tenista brasileiro no Aberto da França, em 1997. Guga recebeu um anel que simboza o reconhecimento aos maiores campeões do esporte. “O sucesso de Guga começou aqui há vinte anos e impactou muitas pessoas. Ele conquistou os fãs e inspirou todos os jogadores que vieram depois dele. Estamos aqui para celebrar o primeiro título de 97 e relembrar aqueles dias”, anunciou Todd Martin antes de exibir um vídeo com as principais imagens da carreira de Guga ao longo de treze anos no circuito profissional.

“É absolutamente incrível ter todos esses campeões aqui comigo na quadra, nesse momento. O tênis contribuiu imensamente para a formação dos meus valores, da minha história. Esse dia é muito especial, é muito emocionante estar aqui com toda a minha família e lembrar que a dedicação e a força de todos me permitiu chegar até aqui. Muito obrigado, eternamente”, declarou.

Logo após receber o anel das mãos de Stan Smith, Guga também foi reverenciado pelos boleiros que formaram um coração na quadra com as bolinhas, relembrando o gesto de Guga no saibro, após a final de 2001. Foi a deixa para o tricampeão chamar os filhos na quadra para o abraço. Vinte anos depois Maria Augusta e Luiz Felipe puderam testemunhar a emoção do pai em Roland Garros.

Os boleiros formaram um coração na quadra com as bolinhas, relembrando o gesto de Guga no saibro, após a final de 2001 - Paul Zimmer/Divulgação
Os boleiros formaram um coração na quadra com as bolinhas, relembrando o gesto de Guga no saibro, após a final de 2001 - Paul Zimmer/Divulgação



Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade