Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Dificuldade de apoio faz jovens do Rendez-Vous à Roland Garros sonharem com bolsa nos EUA

Circuito universitário norte-americano vira alternativa para suprir falta de patrocínio na transição do juvenil para tênis profissional

Matheus Joffre
Florianópolis
10/03/2017 às 10H48

Enquanto esperava sua vez de entrar em quadra, Priscila Baptista, 16, chamava a atenção na área reservada para os atletas do Rendez-Vous à Roland Garros, no LIC (Lagoa Iate Clube), em Florianópolis. Com lápis, caderno e smartphone na mão, a tenista de São Paulo concluía uma atividade de um curso online de inglês.

Priscila Baptista estuda enquanto aguarda começo das partidas em Florianópolis - Flávio Tin
Priscila Baptista estuda enquanto aguarda começo das partidas em Florianópolis - Flávio Tin

Os jogos do primeiro dia atrasaram devido à chuva que molhou o saibro do LIC. O torneio, que será disputado até domingo (12), dará aos campeões a chance de representar o Brasil em uma seletiva internacional em Paris para entrar na chave principal do Grand Slam francês juvenil. Mas como a transição para o tênis profissional é cheio de incertezas, por conta da falta de patrocínios, Priscila já tem um plano B em mente: conseguir uma bolsa de estudos em uma Universidade nos Estados Unidos e jogar o circuito universitário norte-americano.  

A rotina da jovem tenista é puxada. Priscila cursa o terceirão pela manhã, treina no período da tarde e ainda faz os deveres de casa antes de dormir à noite. “Sempre quando atrasa o jogo ou quando fico no hotel sem fazer nada eu aproveito para estudar um pouco. Meus pais só me deixam vir para o torneio se eu trouxer alguma coisa para estudar. Meu colégio apoia bastante o esporte, dão trabalhos, abonam faltas. Meu objetivo é ganhar uma bolsa em uma faculdade nos EUA e jogar o circuito universitário lá. Depois que eu me formar eu vejo se continuo no profissional ou, se tiver me formado em uma área que eu goste, se volto e trabalho daí”, contou.

Vitória Okuyama passou de fase e está nas quartas de final - Flávio Tin
Vitória Okuyama passou de fase e está nas quartas de final - Flávio Tin



Priscila não é a única a ter esse sonho de jogar o circuito universitário norte-americano. Apesar de ser cabeça de chave número 1 no feminino, a paranaense Vitória Okuyama, 17, tem apenas o apoio do clube onde treina em Curitiba, o Curitibanos, e também pensa ir para os Estados Unidos. “Como não tenho nenhum patrocínio, acho que o melhor caminho é ir para os EUA. Porque você vai com bolsa 100%, sai formada com 22 anos e pode seguir no tênis profissional, porque vai ter 22 anos, trabalhar em uma empresa boa lá ou voltar para o Brasil e dar aula de tênis. São muitas portas que se abre”, ressaltou.

Favoritos avançam com tranquilidade

Os favoritos avançaram para as quartas de final do Rendez-Vou à Roland Garros com certa tranquilidade na tarde de quinta-feira (9). No masculino, o cabeça de chave número 1, o paulista Matheus Pucinelli, despachou o brasiliense Paulo Saraiva por 6/1 e 6/0 e irá enfrentar seu conterrâneo e xará Matheus Ferreira. No feminino, a paranaense Vitória Okuyama, melhor tenista no ranking da ITF do torneio atropelou a paulista Mariana Galvão por 6/0 e 6/1.

Matheus Pucinelli também está nas quartas de final - Flávio Tin
Matheus Pucinelli também está nas quartas de final - Flávio Tin



Os jogos dos dois cabeças de chave foram nas quadras cobertas, devido à chuva. “Estava um pouco diferente do que a gente vinha treinando, mas consegui me adaptar rápido e deu tudo certo. Agora estou tentando pensando ao máximo jogo a jogo, um passo de cada vez para conseguir chegar lá fora e ir bem também”, afirmou Pucinelli. “Meu sonho é jogar Roland Garros, tomara que eu consiga agora com o Rendez-Vous. Senão eu sou a 122 do ITF, se eu baixar mais umas 30 posições, no mínimo, o quali está garantido. Mas agora não tem mais torneio na América do Sul, então teria que ir pra Europa, Ásia e as condições não estão fáceis”, explicou Vitória.

 

Confira abaixo a programação desta sexta-feira:

A partir das 9h
[1] Vitória Okuyama (PR) vs Luiza Fullana (DF)
[4] Ana Luiza Cruz (SP) vs Alexandra Silva (SP)
Kathleen Percegona (PR) vs [3] Marina Figueiredo (MG)


Não antes das 10h
[1] Matheus Pucinelli (SP) vs Matheus Ferreira Leite (SP)
[3] João Ferreira (MG) vs Bruno Pessoa (SP)
Victor Castro (PR) vs [4] Christian Oliveira (RJ)

Não antes das 11h30
Luiz Eduardo Santos (PR) vs [2] Gilbert Klier Junior (DF)
Isabela Mercante (RJ) vs [2] Nathalia Gasparin (PR)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade