Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Conselho do Vasco remarca votação de empréstimo para próximo dia 17

Terceira data foi marcada pelo presidente do Deliberativo, Roberto Monteiro, após solicitação de Alexandre Campello, presidente do clube. Empréstimo é de R$ 38 milhões

LANCE!
Rio de Janeiro (RJ)

 Alexandre Campello e Roberto Monteiro, presidentes do Vasco e do Deliberativo, respectivamente. Veja galeria L!  -  Paulo Fernandes e Divulgação
Alexandre Campello e Roberto Monteiro, presidentes do Vasco e do Deliberativo, respectivamente. Veja galeria L! - Paulo Fernandes e Divulgação


Presidente do Conselho Deliberativo do Vasco, Roberto Monteiro remarcou a reunião que irá votar se é aprovado ou não o pedido de empréstimo de R$ 38 milhões feito por Alexandre Campello, presidente do clube. O encontro acontecerá às 20h do próximo dia 17, na sede náutica cruz-maltina, na Lagoa, Zona Sul do Rio de Janeiro.

A reunião havia sido marcada para quinta-feira passada, às 20h, mas a data acabou recebendo críticas de conselheiros por conta de ter sido véspera de feriado e no mesmo momento que o Vasco entrou em campo diante do América-MG, pelo Campeonato Brasileiro - a equipe acabou sendo derrotada por 2 a 1.

No mês passado, o Conselho Deliberativo do Vasco havia se reunido para este assunto, mas por um voto acabou sendo adiada a aprovação ou não do empréstimo. Nos bastidores, a expectativa, agora, é pela aprovação do empréstimo sem maiores problemas. Um exemplo é o grupo "Casaca", que votara pelo adiamento na primeira tentativa de empréstimo, que agora deve votar pela aprovação em sua totalidade.

Entretanto, o que pode atrapalhar os planos pela aprovação deste empréstimo do Vasco é justamente o quórum. Roberto Monteiro destacou no edital de convocação que se baseou nos artigos 81, inciso II, e 82 do estatuto do clube - eles afirmam que para abertura de créditos precisa de quórum de ao menos 151 conselheiros e aprovação com 2/3 dos votos - e não maioria.

O empréstimo de R$ 38 milhões é junto ao Banco Daycoval, com taxa de juros de 0,96% e como garantia foram oferecidos os direitos de transmissão dos jogos do Vasco junto ao Grupo Globo, de 2019 a 2023. Após a primeira votação, na saída da sede náutica do clube, o presidente Alexandre Campello e o presidente do Conselho de Beneméritos Eurico Miranda afirmaram ter tido fraude na apuração do resultado da votação. A atual gestão enxerga como fundamental a aprovação do empréstimo para o equilíbrio financeiro do Vasco até o fim do ano.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade