Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Com recuperação de seis a oito meses, Juan definirá seu futuro no Fla

Zagueiro passará por cirurgia na segunda-feira e não deve voltar a defender o Rubro-Negro, mas é desejo da diretoria que continue atuando no departamento de futebol da Gávea

LANCE!
Rio de Janeiro (RJ)

Gilvan de Souza / Flamengo
Gilvan de Souza / Flamengo


A grave lesão sofrida por Juan na sexta-feira - ruptura total do tendão de Aquiles - deixou seu futuro em aberto no Flamengo, mas o clube dará total apoio ao atleta durante sua recuperação. Ídolo rubro-negro, o zagueiro de 39 anos passará por cirurgia na segunda-feira, com previsão de recuperação de seis a oito meses. O atual vínculo do camisa 4 chega ao fim em dezembro de 2018, mas isso foi minimizado pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Após a vitória sobre a Chapecoense, p mandatário mostrou-se emocionado pela situação vivida pelo defensor, prestou sua solidariedade e comentou sobre o futuro de Juan, cria da Gávea e um dos jogadores mais queridos pela Nação.

- É extremamente pesaroso enfrentar essa situação do Juan, nosso jogador mais emblemático e que está passando por esse sofrimento. Sofrimento este que se estende a todos os seus colegas, à diretoria e à torcida. O Flamengo está totalmente solidário e vai prestar todo o apoio nesse processo de recuperação. Espero que ele possa voltar muito em breve. Mas, independentemente de quando ele volta, o Flamengo faz questão de prestar toda a solidariedade ao jogador - afirmou Bandeira.

O mandatário deixou claro que, no que depender dele, Juan terá seu futuro ligado ao Flamengo após sua aposentadoria.

- vai ser do jeito que ele quiser. Assim como o contrato dele, o meu também termina no final do ano. Mas tenho certeza de que o Flamengo terá continuidade do que tem feito nos últimos seis anos. Na próxima administração, tenho certeza de que o respeito ao Juan não sofrerá nenhum arranhão - finalizou Bandeira, que tem seu segundo mandato presidencial encerrado nesta temporada.


O técnico Maurício Barbieri também dedicou algumas palavras de sua coletiva em homenagem ao camisa 4, a quem ofereceu a vitória contra a Chapecoense.

- É um líder que representa muito nesse grupo, ajuda dentro e fora de campo e os jogadores demonstraram o carinho que temos por ele. Não poderá mais nos ajudar dentro, mas fora de campo, sim. Fica a dedicação para ele, mais do que um grande jogador, é um ser humano fantástico - afirmou o treinador do Fla.

Confira as respostas do doutor Márcio Tannure, médico do Flamengo:

1. Como se deu a lesão de Juan?

Ontem (sexta-feira), no fim do treinamento, Juan sofreu uma lesão no tendão de aquiles. Ocorreu uma ruptura completa. Juan foi levado para fazer exames que confirmaram nosso diagnóstico inicial.

2. Qual a gravidade e a previsão para recuperação?

Ele será operado segunda-feira de tarde. É uma lesão que tem prazo de retorno de seis a oito meses, então esse ano ele não joga mais. A gente espera que depois deste período ele possa estar de volta.

3. Quais são os riscos que envolvem a cirurgia em questão?

"Toda cirurgia tem seu índice de complicação. Nenhuma é um sinônimo de sucesso. Um dos riscos é uma sutura, que não feche direito e que rompa de novo. Mas não estamos pensando nisso agora. estamos pensando no sucesso. Acreditamos que a cirurgia será boa. Ele vai ficar em torno de seis a oito semanas com pé imobilizado, só depois colocaremos um pouco de carga. E depois de seis a oito meses ele poderá estar de volta, é o nosso prazo.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade