Publicidade
Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Com nova parceria, estreia de Milton Cruz e retorno de Fernan10, Figueirense recebe Goiás

Técnico quer aproveitar ambiente positivo após volta de ídolo, que terá cargo estratégico no clube, para conseguir a primeira vitória e deixar a zona de rebaixamento

Matheus Joffre
Florianópolis
12/08/2017 às 10H53

Primeira partida do técnico Milton Cruz e da nova parceria, possibilidade de sair da zona de rebaixamento e retorno do maior ídolo da história do clube. O torcedor alvinegro tem vários motivos para ir ao estádio Orlando Scarpelli na noite deste sábado (12). O duelo com o Goiás, às 19h, marca não só o início do returno da Série B, mas inaugura uma nova era no Furacão do Estreito.

Técnico Milton Cruz conversa com time que deve ser titular sábado - Luiz Henrique/Figueirense FC
Técnico Milton Cruz conversa com time que deve ser titular sábado - Luiz Henrique/Figueirense FC


Antes mesmo de a bola rolar, a nova parceria, que assumiu a gestão do futebol do Figueirense na segunda-feira (7), marcou um golaço de letra ao trazer de volta o ex-meia Fernandes. O maior artilheiro da história do Figueira com 108 gols retorna ao clube cinco anos após ser dispensado pelo presidente Wilfredo Brillinger e terá um cargo técnico e estratégico – que será melhor detalhado em coletiva de imprensa após o jogo.

O técnico Milton Cruz deseja surfar essa onda e conquistar um resultado positivo logo na estreia para começar com o pé direito. “É o que eu mais desejo, sair com uma vitória, dar as boas-vindas para o Fernandes, que eu conheço também. A diretoria conversou comigo sobre essa possibilidade e eu achei excelente o retorno dele porque é um jogador que tem uma história dentro do clube, tem um carinho grande da torcida, da imprensa, das pessoas que conviveram com ele. O mais importante é a torcida nos apoiar para darmos uma alegria já nesse começo, nessa nova gestão, sair da zona de degola e já começar a pensar no jogo seguinte”, projetou o treinador alvinegro.

Dentro campo, a principal dúvida é a presença de Robinho. O atacante, que treinou entre os titulares, chegou a ser anunciado como novo reforço do Fluminense no twitter oficial do clube carioca, na tarde de sexta-feira, mas a postagem foi apagada menos de uma hora depois. O jogador pertence ao Atibaia-SP e tem contrato de empréstimo até o fim do ano com o Figueirense, que tem o direito de compra sobre os direitos federativos do atleta e precisa liberar a negociação com o Flu. O CEO Alexandre Bourgeois afirmou que o Figueira não recebeu nenhuma proposta oficial por Robinho e que o atacante irá para o jogo.   

Do outro lado, na beirada do campo, o Figueirense terá um velho conhecido. O técnico Argel Fucks, que livrou o time do Estreito do rebaixamento para a Segundona em 2015 e teve uma passagem relâmpago pelo clube no ano passado, deve vir disposto a colocar água no chope do Figueira. “É um treinador que já trabalhou aqui, todo mundo conhece, sabe das artimanhas dele, mas estou estudando ainda. Cheguei cedo para ver tantos os jogos do Figueirense, do Goiás. É pouco tempo de trabalho, tivemos três treinamentos, eu gosto de ver os jogadores dentro de campo, no jogo, vamos esperar para ver melhor”, ponderou Milton Cruz.

Ficha técnica

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Data: 12/08/2017. Horário: 19h. Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo-RJ, auxiliado por Luiz Antonio Muniz de Oliveira-RJ e Gabriel Conti Viana-RJ.

Figueirense

Saulo; Bruno Alves, Leandro Almeida e Naylhor; Ferrugem, Zé Antônio, Patrick e Iago; Renan Mota, Robinho e Henan. Técnico: Milton Cruz.

Goiás

Marcelo Rangel; Pedro Bambu, David Duarte, Alex Alves e Carlinhos; Willians, Victor Bolt, Ramires e Andrezinho; Carlos Eduardo e Gustavo. Técnico: Argel Fucks.

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade