Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Com mudanças, Romero admite falta de entrosamento do Corinthians

Atacante paraguaio analisa mudanças no Corinthians, fala que tem maior responsabilidade e crê que elenco tem condições de brigar por títulos nesta temporada

LANCE!
São Paulo (SP)

Após a saída de oito jogadores, sendo quatro titulares, nesta janela de transferências, o elenco do Corinthians sofre com a falta de entrosamento. A análise foi feita pelo atacante Romero, que lamentou as mudanças, mas afirmou que o elenco tem condições de brigar "no topo da tabela".

Além das saídas de Balbuena, Sidley, Maycon, Rodriguinho (titulares), Juninho Capixaba, Léo Príncipe, Júnior Dutra e Kazim (reservas), o Timão tem sofrido com lesões nesta retomada do Brasileirão após a parada da Copa do Mundo. Contra o Vasco, por exemplo, Mantuan, Pedro Henrique, Ralf, Renê Júnior e Roger serão desfalques.

- É complicado quando tem jogadores machucados. A gente não quer ver jogadores desfalcando o time, é difícil, é doloroso ver alguém saindo machucado. Tem que mudar o esquema, para o Osmar (Loss, técnico) é muito difícil, e o elenco não está muito entrosado ainda. Estamos nos conhecendo, vieram jogadores de qualidade, mas temos de nos entrosar dentro do campo. Perdemos muito jogadores, estamos no meio do campeonato. Temos um elenco não grande, mas forte e de muita qualidade para brigar no topo da tabela - analisou Romero, que admitiu responsabilidade maior com as mudanças no elenco.

- Jogando aqui no Corinthians já tem uma responsabilidade muito grande, sendo o cara ou não. Por estar muito tempo aqui no clube, a responsabilidade é maior. A gente tem conhecimento do clube, sabe lidar como resultado não está vindo. Já conheço, assim como Cássio, Ralf, Emerson e Danilo, jogadores que estão até há mais tempo aqui. Jogar aqui é muito diferente em todos os sentidos, pelo que eu escutei. Já me falaram que a pressão é diferente. E o elenco sempre vai mudar. Estou há quatro anos, e sempre muda alguma coisa, mas a gente sempre mantém o DNA do Corinthians, que é a humildade, trabalhar forte e brigar pelos títulos - disse o paraguaio.

Romero ainda afirmou que a turbulência extracampo não afeta a equipe. Nesta sexta-feira, as torcidas organizadas realizam um protesto na frente do Parque São Jorge para cobrar explicações da diretoria.

- Acho que não afeta, é outra coisa. A gente se preocupa no dia a dia, em treinar bem, trabalhar para chegar bem nos jogos. A diretoria vai saber lidar com esse problema. A gente só se preocupa em jogar futebol. No jogo a torcida empurrou o time, e isso é muito importante. Jogando em casa sempre foi importante esse apoio, e tomara que se resolva logo esse problema que tem - afirmou Romero.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade