Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Com gol da joia Guga, Avaí arranca empate aos 45 do segundo tempo em São Paulo

Após sair na frente com Rodrigão, time de Geninho permitiu a virada; pênalti no final da partida, no entanto, possibilitou o empate e o ponto na bagagem azurra

Diogo de Souza
Florianópolis
04/08/2018 às 20H57

O Avaí foi valente em São Paulo e arrancou um empate aos 45' do segundo tempo, diante da Ponte Preta. Após sair na frente, o Leão permitiu a virada mas a joia Guga, de pênalti, empatou em 2 a 2 e deu números finais ao confronto. Com o empate o Leão foi aos 29 e é 6º. A Ponte se manteve em 10º, com 26. 

O Leão da Ilha desembarcou em São Paulo com a fama de visitante indigesto. Das sete vitórias azurras na competição, cinco delas foram conquistas em terrenos alheios. O time de Geninho não sentiu a ausência de alguns nomes importantes [Judson e Moritz suspensos] e, levando a sério esse aproveitamento longe de Florianópolis, tomou conta da partida por, pelo menos, 30 minutos iniciais.

Prova disso foram as conclusões e, principalmente, o golaço anotado por Rodrigão, aos 7’. Depois de bola levantada dentro da grande área, Renato escorou para o meio e o centroavante mandou um voleio sem-pulo, forte e sem chance para o goleiro Ivan. Quinto gol de Rodrigão na Série B e fim de um jejum de mais de dois meses.

Rodrigão sai pra comemorar após marcar seu quinto gol na Série B - Uaifoto/Folhapress
Rodrigão sai pra comemorar após marcar seu quinto gol na Série B - Uaifoto/Folhapress

O time de Geninho dava a impressão de que a 6ª vitória como visitante seria questão de tempo. Aos 26’ Renato cobrou falta da entrada da área e carimbou a trave do goleiro Ivan. Quase o segundo.

Mas parou por aí.

A Ponte Preta acertou o time e passou a rondar a área avaiana. O gol, dessa forma, foi questão de tempo. Aos 31’, após jogada pela esquerda, a defesa do Avaí não conseguiu cortar e a bola chegou para André Luis que mandou pra rede. 1 a 1.

O Leão da Ilha sentiu e até o intervalo não conseguiu apertar mais.

No retorno do intervalo o panorama se manteve o mesmo do final do primeiro tempo. Ponte Preta apertou o Avaí e acumulou chances. O Avaí até teve uma chance, aos 15’, quando João Paulo bateu forte, de longe, o goleiro Ivan espalmou na cabeça de Renato que, sem goleiro, mandou por cima.

A Ponte não perdoou o desperdício. André Luis aproveitou uma falha do lateral João Paulo, roubou a bola, cortou para o meio e mandou um foguete, cruzado, na buchecha direita da rede de Aranha. Golaço. 2 a 1 e festa na Fonte Luminosa.

O time da casa recuou, deu a bola pro Leão que não conseguiu tirar muito proveito. Geninho perdeu Rodrigão por lesão e, como última cartada, colocou o centroavante Beltrán na vaga do volante Luan. O desempenho e o resultado não mudaram. 

Uma cena bizarra, no entanto, mudou a história final da partida. O centroavante Júnior Santos, ao tentar ajudar a defesa, furou em bola e acertou um chute no rosto do lateral Capa, dentro da área. Pênalti para o Leão. Guga, o prodígio, bateu e empatou no apagar das luzes. 

O Avaí não terá tempo para digerir o resultado. Na terça-feira (7), o Leão volta a campo, pela 1ª rodada da returno, contra o Vila Nova. A Ponte Preta também joga na terça. Um pouco mais tarde, às 21h30, contra o Paysandu, na Curuzu.

Ficha técnica:

Ponte Preta: Ivan; Igor Vinícius, Léo, Renan Fonseca e Ruan; Nathan, João Vitor e Ourinho (André Castro); André Luis (Victor Rangel), Júnior Santos e Danilo Barcelos (Hyuri). Técnico: Brigatti.

Avaí: Aranha; Betão, Marquinhos Silva e Airton; Guga, Luan (Beltrán), Pedro Castro e João Paulo (Capa); Renato, Rodrigão (Getúlio) e Romulo. Técnico: Geninho.

Gols: Rodrigão (7/1ºT) André Luis (31/1ºT; 21/2ºT); Guga (45/2ºT).

Cartões amarelos:  Ourinho, Junior Santos (PON); Luan (AVA).

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira (MG); Celson Luiz da Silva (MG) e Marcus Vinicius Gomes (MG).

Local: estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP); Data: 04/08/18.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade