Publicidade
Domingo, 30 de Abril de 2017
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 13º C

Com confronto único na 1ª fase, Avaí e Figueirense estreiam na Copa do Brasil nesta quarta

Leão encara o Desportiva Ferroviária, em Cariacica/ES, e Furacão enfrenta o Rio Branco-AC, na Arena da Floresta; dupla da Capital avança com um empate

Matheus Joffre
Florianópolis
15/02/2017 às 11H58

Com cautela e otimismo, Avaí e Figueirense iniciam, nesta quarta-feira (15), suas caminhadas na Copa do Brasil – que passa a ter jogo único nas duas primeiras fases com o novo regulamento. O Leão da Ilha enfrenta a Desportiva Ferroviária, às 19h15, no estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica-ES, enquanto o Furacão encara o Rio Branco-AC, às 23h30, na Arena da Floresta, na capital acreana.

A dupla da Capital, que tem melhor ranking na CBF, precisa apenas de um empate para avançar para a próxima fase. Mas a ausência do jogo da volta torna o confronto na casa do adversário ainda mais perigoso. Na semana passada, equipes de mais tradição como Juventude e Londrina acabaram eliminadas por Murici-AL e Gurupi-TO, respectivamente.

Com premiações a cada fase avançada, a Copa do Brasil é um dos torneios mais rentáveis do calendário brasileiro e por isso uma eliminação logo na estreia seria desastrosa para Avaí e Figueirense. Caso passe de fase, o clube azurra, que já receberá R$ 440 mil pela estreia no torneio, levará mais R$ 500 mil. O Figueira, que receberá R$ 250 pela participação na primeira fase, levará mais R$ 315 mil, caso avance.

A melhor participação do Avaí na Copa do Brasil foi em 2011, quando chegou até as semifinais do torneio e acabou desclassificado pelo Vasco, que se sagrou campeão sobre o Coritiba naquele ano. Já a melhor campanha do Figueirense foi em 2007, quando ficou com o vice-campeonato na histórica decisão contra o Fluminense.


 

Avaí

Pontos favoráveis

O Avaí vem embalado pela excelente campanha no Campeonato Catarinense. Com quatro vitórias e um empate, o Leão ainda não perdeu no Estadual e é líder isolado da competição.

Segundo o técnico Claudinei Oliveira, apesar dos desfalques, a forma de jogar do Avaí deve ser a mesma. Com a defesa compacta e o experiente Ferdinando na vaga de Luan, o Leão deve apostar na velocidade do trio Caio Cesar, Romulo e Junior Dutra na frente.

A Desportiva está sem ritmo de jogo. A equipe capixaba jogou apenas uma vez na temporada, pelo Estadual, no dia 28 de janeiro, no empate por 1 a 1 com o Atlético-ES, e teve os jogos contra o Espírito Santo e Rio Branco adiados devido aos problemas de segurança pública do Estado.

Pontos desfavoráveis

O Leão tem três desfalques importantes. Marquinhos foi poupado, Luan tem um edema na coxa e o artilheiro do Catarinense, Denilson, segue fora devido à fratura no dedo da mão.

Durante a semana, os jogadores do Avaí revelaram preocupação quanto à realização da partida no Espírito Santo, que vem enfrentando problemas de segurança pública nas últimas semanas. A greve da Polícia Militar acabou nesta segunda-feira.

Figueirense

Pontos favoráveis

Depois de um começo ruim no Catarinense, o Figueirense vem de uma boa vitória por 4 a 2 sobre o Criciúma.

Aos poucos, o técnico Marquinhos Santos vai encontrando sua equipe ideal e jogadores como o volante Helder, que marcou os dois gols sobre o Tigre, vão se destacando.

Apesar da vitória no último jogo, Marquinhos Santos segue ameaçado e jogar longe da pressão da torcida pode ser um fator positivo.

O Campeonato Acreano só começa neste fim de semana e o Rio Branco ainda não atuou em jogos oficiais em 2017. Mas venceu o Humaitá-AC por 1 a 0, no jogo-treino realizado na última sexta-feira. 

Pontos desfavoráveis

Contratado durante a pré-temporada e longe da forma ideal, o atacante Zé Love não viajou com o time para fazer um trabalho específico de fortalecimento muscular e desfalca o Figueira.

A viagem para Rio Branco-AC foi desgastante. Foram dez horas até a capital do Acre, que está três horas atrás pelo fuso.

O Figueirense ainda não venceu nenhuma partida oficial fora de casa com Marquinhos Santos no comando da equipe.

 

Ficha técnica

Local: Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica-ES. Data: 15/2/2017. Horário: 19h15. Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus-RJ, auxiliado por João Luiz Coelho de Albuquerque-RJ e Wendel de Paiva Gouveia-RJ.

Desportiva Ferroviária

Felipe; Brian (João Carlos); Rodrigo Lacraia, Espinho (Sávio) e Cristian; Abuda, Lucas Valim, Wanderson e Paulo Vitor; Madison e Rael.

Avaí

Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Ferdinando, Judson, Diego Jardel e Caio César; Romulo e Junior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira.

 

Ficha técnica

Local: Arena da Floresta, em Rio Branco-AC. Data: 15/2/2017. Horário: 23h30. Arbitragem: Antonio Carlos Pequeno Frutuoso-AM, auxiliado por Jander Rodrigues Lopes-AM e Alexsandro Lira de Alexandre-AM.

Rio Branco-AC

Jean Drosny; Pedro Balú, Léo Fernandes, Anderson Schmoeller e Léo Morais; Kássio, Léo Mineiro, Ancelmo e Jullyan; Adriano e Araújo Jordão. Técnico:

Figueirense

Thiago Rodrigues; Dudu, Dirceu, Bruno Alves e João Paulo; Josa, Helder e Everton; Yago, Anderson Aquino e Bill. Técnico: Marquinhos Santos.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade