Publicidade
Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Com apelido de Muralha, Alex Santana é o novo goleiro titular do Figueirense

Jogador de 25 anos atuou no interior paulista e no futebol japonês

Daniel Silva
Florianópolis

O goleiro Alex Santana não nega ser mineiro. Natural de Três Corações, terra onde nasceu Pelé, o jogador precisou esperar quase dez meses para ser titular na equipe do técnico Argel Fucks. Contratado em abril do ano passado, o atleta, que estava no Mirassol, não tinha como brigar pela posição em 2014, pela fase vivida pelo capitão Tiago Volpi. No começo da temporada, Alex passou a segundo goleiro. Luan Polli foi titular em uma partida na Série A do ano passado, contra o Fluminense, e formado na base alvinegra, saiu na frente na disputa, mas após três jogos, Alex estreou e deu conta do recado contra o Guarani de Palhoça.

Luiz Henrique/Divulgação FFC
Luan Polli e Alex Santana brigam pela titularidade no Figueirense


Alex revelou que não espera ser titular na quarta-feira, agradeceu ao treinador por ter dado a oportunidade e falou sobre os problemas físicos que teve de superar no ano passado. Agora que conseguiu o seu espaço, o goleiro se disse preparado para ajudar o Figueirense, de preferência entre os titulares. “Estou aqui há dez meses. O Volpi não deu brecha. Não podemos desistir nunca, tive duas lesões graves no ano passado, mas me recuperei bem. Tive que buscar meu espaço novamente. O Argel sempre fala que dará oportunidade para todos, então temos que estar preparados”, comentou. 

Alex apareceu no cenário nacional no Comercial de Ribeirão Preta, onde atuou por três temporadas e conquistou o acesso para o Paulistão depois de 25 anos. Ídolo da torcida, o goleiro foi apelidado de Muralha e ganhou uma bandeira com o seu rosto. Em 2013, atuou seis meses pelo Shonan Bellmare, da segunda divisão japonesa.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade