Publicidade
Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 32º C
  • 22º C

Clube e atleta confirmam interesse e Avaí se aproxima do primeiro reforço para 2019

Goleiro Simão, destaque do Operário de Ponta Grossa (PR), já manifestou o interesse em jogar no Leão da Ilha que revela negócio "avançado"

Redação ND
Florianópolis
06/12/2018 às 16H53
Goleiro Simão é destaque do Operário, de Ponta Grossa (PR) - Operário Ferroviário Esporte Clube/divulgação
Goleiro Simão é destaque do Operário, de Ponta Grossa (PR) - Operário Ferroviário Esporte Clube/divulgação


O Avaí está próximo de anunciar seu primeiro reforço para 2019: trata-se do goleiro Simão, do Operário de Ponta Grossa (PR), de 25 anos, natural de Antônio Prado (RS). O camisa 1 é formado nas categorias de base do Criciúma e chamou a atenção do País inteiro ao subir duas divisões com o time paranaense que em 2019 vai disputar a Série B do campeonato brasileiro.

O nome soa estranho, mas a verdade é que alguns vídeos que já circulam em redes sociais, somados ao interesse de outros clubes – ao menos dois deles da Série A, fora o Leão – e a ascensão do atleta juntamente com seu time, credenciam o negócio.

Simão Bertelli mede 1,87m e acumula passagens no futebol gaúcho por Glória de Vacaria (RS) e Novo Hamburgo (RS), além do Atlético Tubarão em Santa Catarina. Simão está no Operário Ferroviário desde 2016.

Em entrevista concedida ao repórter Clayton Ramos, da rádio Guarujá, Simão confirmou o contato do Avaí junto aos seus empresários e se disse “muito feliz” pela maneira como o time do Sul da Ilha conduziu esse interesse.

“Tem a conversa, mas eu não sei nada de como está o acerto. Eu tenho contrato aqui com o Operário até 2019, mas eu sei que teve uma primeira conversa e eu gostei bastante do nível do clube. Sou da base do Criciúma, sei da grandeza do Avaí”, relatou o goleiro.

Simão recentemente viralizou na final da Série C, em jogo entre Operário e Cuiabá, dois dos quatro clubes que subiram à Segundona, depois de realizar quatro defesas consideradas de alto grau de dificuldade.

“Eu já passei para o presidente o que eu acho, ia ficar muito feliz. Fiz mais um ano bom no Operário e, se fechar com o Avaí, vou realizar o sonho de jogar na Série A”, confessou.

Em contato com a assessoria do Avaí, a informação é de que o contato “procede” e que o negócio está em caráter “avançado”.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade