Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Clássico das multidões: os mata-matas entre Corinthians e Flamengo

Partida de ida acontece na próxima quarta-feira, no Maracanã; são cinco decisões e o Rubro Negro tem a vantagem: foram três classificações do Fla, contra duas do Timão

LANCE!
São Paulo (SP)

 Corinthians e Flamengo farão o primeiro duelo da semifinal da Copa do Brasil na próxima quarta-feira  -  Montagem: Lance!
Corinthians e Flamengo farão o primeiro duelo da semifinal da Copa do Brasil na próxima quarta-feira - Montagem: Lance!


Corinthians e Flamengo venceram Chapecoense e Grêmio, respectivamente, e vão brigar por uma vaga na final da Copa do Brasil. A partida de ida acontece na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro, enquanto o segundo jogo será realizado no dia 26 de setembro. Será a sexta decisão entre as equipes e a vantagem é Rubro Negra, que se saiu melhor em três dessas ocasiões, contra duas do Timão.

Conforme determinado por sorteio da CBF, o primeiro jogo acontecerá no Maracanã e a volta na Arena Corinthians. Sendo assim, segue a tradição de todos os mata-matas disputados entre os dois clubes começarem no Rio de Janeiro e serem decididos em São Paulo.

O retrospecto serve de alerta para a equipe de Jair Ventura, que em todas as decisões, com exceção da final da Supercopa em 1991 (jogo único), deixou o Maracanã derrotado na partida de ida. Mas, o Corinthians conseguiu somar três pontos nas cinco partidas realizadas em São Paulo. São 27 anos que o Timão não elimina o Flamengo em mata-mata.

Zico decidindo, Gol olímpico de Neto, triunfo corintiano sobre o Rubro Negro Marcelinho, show de Romário e partida marcante na Libertadores. O LANCE! relembra todos os duelos mata-matas entre Corinthians e Flamengo na história. Confira abaixo o detalhe dos jogos:

Quartas de final do Campeonato Brasileiro de 1984 (Corinthians)
Era a primeiro decisão em mata-matas envolvendo as duas equipes mais populares do país. No Maracanã, o Rubro-Negro abriu uma ótima vantagem ao vencer o Timão por 2 a 0, com gols de Bebeto e Élder. O time liderado por Sócrates e Casagrande precisava de uma vitória por pelo menos três gols de diferença no jogo de volta para avançar às semifinais da competição.

No Morumbi, o Corinthians contou com o apoio de 115.002 mil torcedores para derrotar os cariocas por 4 a 1 e garantir uma vaga na próxima fase do Brasileirão. A virada começou aos 32 minutos, com Biro-Biro abrindo o placar. Cinco minutos depois, Wladimir ampliou para o Timão. No segundo tempo só um time jogou e os anfitriões marcaram mais duas vezes, com Édson e Ataliba. O volante Paulinho fez contra o único gol do Flamengo na partida. O placar agregado foi de 4 a 2 para o Corinthians, que conquistou a classificação.

Corinthians: Carlos; Édson, Mauro, Juninho e Wladimir; Paulinho, Sócrates e Zenon; Biro-Biro, Casagrande e Eduardo. Téc: Jorge Vieira.

Flamengo: Fillol; Leandro, Figueiredo, Mozer e Júnior; Bigu, Élder (João Paulo) e Lico; Adílio, Edmar e Bebeto. Téc: Cláudio Garcia.

Flamengo x Corinthians 84

Corinthians venceu o Flamengo por 4 a 1 no Morumbi e garantiu a classificação (Foto: Divulgação)


Quartas de final da Copa do Brasil de 1989 (Flamengo)
Cinco anos depois, as equipes voltaram a medir forças em um mata-mata na primeira edição da Copa do Brasil. O Flamengo, de Zico, saiu na frente e novamente venceu a partida de ida por 2 a 0. Nando e o camisa 10 da Gávea marcaram para o Rubro Negro.

No Pacaembu, o Corinthians abriu o placar com um gol olímpico de Neto. Mas, a alegria corintiana não durou muito tempo e o Fla empatou ainda no primeiro tempo, com Zico. Na etapa final, os gols de Giba, Eduardo e Neto estavam garantindo o Alvinegro na próxima fase da Copa, mas faltando apenas dois minutos, o experiente Júnior fez o segundo gol do time carioca, que acabou se classificando. Placar agregado empatado em 4 a 4, mas o gol fora marcado pelo Flamengo garantiu vaga na semifinal.

Corinthians: Ronaldo; Marcelo Djian, Pinella e Ailton; Rizza, Márcio Bittencourt, Neto, Wilson Mano e Eduardo; Fabinho e Viole. Técnico: Palhinha.

Flamengo: Cantarelli, Leandro, Rogério Lourenço, Gonçalves e Júnior; Leonardo, Zico, Zinho e Aítlon Ferraz; Alcindo e Nando. Técnico: Telê Santana.


Final da Supercopa do Brasil de 1991 (Corinthians)
O Corinthians, campeão brasileiro de 1990, e o Flamengo, campeão da Copa do Brasil do mesmo ano, disputaram a segunda e última edição da Supercopa do Brasil. O regulamento decretava que o vencedor do Campeonato Brasileiro teria vantagem no mando de campo. Sendo assim, em jogo único, com apenas 2.706 pagantes no Morumbi, o Timão venceu por 1 a 0 e ficou com o título. Neto fez o único gol do jogo.

Corinthians: Ronaldo, Giba, Marcelo, Guinei e Jacenir; Marcio, Tupãzinho e Neto; Fabinho, Paulo Sérgio e Mauro. Técnico: Nelsinho Baptista.

Flamengo: Zé Carlos, Ailton, Adilson, Rogério, Piá, Júnior, Uidemar, Marcelinho, Zinho, Alcindo e Nélio. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Marcelinho x Corinthians

Corinthians derrotou o Flamengo de Marcelinho Carioca na final da Supercopa do Brasil de 1991 (Foto: Reprodução da Internet)


Quartas de final do Torneio Rio-São Paulo de 1997 (Flamengo)
O Flamengo se deu melhor no Torneio Rio-São Paulo de 1997. No Maracanã, Romário marcou duas vezes e Sávio fechou o placar. A equipe comandada por Júnior entraria em campo no jogo de volta podendo perder por até dois gols de diferença. E foi o que aconteceu. Com gols de Túlio e Mirandinha, o Corinthians derrotou o Rubro Negro por 2 a 0 no Morumbi, mas não foi o suficiente. O placar agregado ficou 3 a 2 para o Fla.

Corinthians: Ronaldo, Rodrigo, Célio Silva, Sangaletti e Silvinho; Romeu. Fábio Augusto, Marcelinho Carioca e Souza; Fernando Diniz e Túlio. Técnico: Nelsinho Batista.

Flamengo: Zé Carlos, Fábio Baiano, Júnior Baiano. Fabiano e Gilberto; Bruno Quadros, Moacir. Marcelo Ribeiro e Lúcio; Romário e Sávio. Técnico: Júnior.


Oitavas de final da Libertadores de 2010 (Flamengo)
Em 2010 foi a última vez que os times se enfrentaram em uma decisão e novamente o Flamengo foi superior e eliminou o Corinthians. Naquele ano, o Timão havia feito a melhor campanha da fase de grupos e o Fla a pior entre os classificados. No jogo de ida, em um chuvoso Maracanã, Adriano fez de pênalti o único gol da partida.

Já no Pacaembu, a equipe de Ronaldo chegou a buscar o placar necessário para avançar às quartas de final. David Braz, contra, e o Fenômeno marcaram para o Alvinegro. Mas, Vagner Love fez o gol que garantiu a classificação Rubro Negra. O placar agregado ficou empatado em 2 a 2 e o gol marcado fora garantiu os cariocas na próxima fase da competição.

Corinthians: Felipe; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf e Elias; Dentinho, Danilo e Jorge Henrique; Ronaldo. Técnico: Mano Menezes.

Flamengo: Bruno; Léo Moura, David Braz, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado, Willians e Rômulo; Vinicius Pacheco, Vagner Love e Adriano. Técnico: Rogério Lourenço.

A Libertadores de 2010 apresentou ao Corinthians a eliminação para o Flamengo nas oitavas de final. O Timão tinha vencido a Copa do Brasil de 2009

Ronaldo marcou um gol, mas não evitou a eliminação corintiana (Foto: Tom Dib/Lancepress!)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade