Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Cinco motivos para o torcedor acreditar que o Avaí pode fazer "côsa" na última rodada

Leão da Ilha terá que colocar mística azurra à prova para confirmar permanência na elite em 2018

Matheus Joffre
Florianópolis
28/11/2017 às 08H20

“Esse Avaí faz côza”. O bordão com expressão manezinha é frequentemente evocado em momentos de dificuldade do Leão e foi cunhado ao longo dos 94 anos de história do clube, que, muitas vezes, precisou se superar para atingir seus objetivos. No próximo domingo (3), a mística avaiana será colocada à prova mais uma vez na última rodada do Brasileirão. O time do técnico Claudinei Oliveira precisa vencer o Santos, na Vila Belmiro, e torcer por pelo menos dois tropeços dos rivais diretos na briga contra a degola para confirmar a permanência na elite em 2018.

Zagueiro Alemão é um dos símbolos da raça do Avaí nesta Série A - Daniel Queiroz/ND
Zagueiro Alemão é um dos símbolos da raça do Avaí nesta Série A - Daniel Queiroz/ND


Com a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, no último domingo, na Ressacada, o Avaí foi a 42 pontos e igualou a pontuação do Sport, que abre a zona de rebaixamento. Coritiba e Vitória, com 43, estão fora do Z4, mas também podem cair para a Série B. O Leão pernambucano recebe o campeão Corinthians, que deve utilizar uma equipe mista na Ilha do Retiro. O Coxa vista a Chapecoense que briga por uma vaga na Pré-Libertadores, na Arena Condá. E o time baiano enfrenta o pressionado Flamengo, que ganhou o primeiro jogo da semifinal da Sul-Americana, mas ainda não está garantido na fase de grupos da Libertadores.

O Notícias do Dia elencou cinco motivos para o torcedor avaiano acreditar que o Avaí pode “fazer côsa” na última rodada. E outros cinco para os secadores de plantão que querem ver o Leão da Ilha na Segundona no ano que vem.

Cinco motivos para acreditar que o Avaí pode “fazer côsa”

O Avaí já fez côsa contra o Santos na Série A de 2010

Um dos momentos mais emblemáticos do poder de reação azurra foi na Série A de 2010, quando o Avaí escapou do rebaixamento na penúltima rodada ao vencer o mesmo Santos, adversário deste domingo e que na época contava com Neymar, por 3 a 2, de virada, na Ressacada. A partida também ficou marcada por levar o ídolo avaiano Marquinhos, então no Peixe e que pediu para não enfrentar o time do coração, às lagrimas em seu camarote no estádio.

Leão conquistou acesso com combinação de resultados na Série B de 2014

Outra prova da mística avaiana foi na Série B de 2014, quando o Leão conquistou o acesso na última rodada com uma vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, com gol de Marquinhos, e uma pouco provável combinação de resultados. O Boa Esporte perdeu para o já rebaixado Icasa por 3 a 2, de virada, mesmo placar pelo qual o Atlético-GO foi derrotado, também de virada, pelo Santa Cruz, que apenas cumpria tabela na última rodada.

Avaí já surpreendeu grandes em seus domínios neste Brasileirão

Neste Campeonato Brasileiro, o Avaí já conseguiu supreender vários dos chamados grandes em seus domínios. Primeiro venceu o Botafogo por 2 a 0, com dois gols do camaronês Joel, no Engenhão, na 10ª rodada. Depois bateu o Grêmio pelo mesmo placar, com gols do artilheiro Júnior Dutra e Simião, na Arena.

Time cresceu na hora certa

Apesar de todas as dificuldades, o momento do Avaí pode ser considerado bom. O Leão da Ilha cresceu na reta final da competição está invicto há três jogos. Arrancou um empate com o Cruzeiro, no Mineirão, e vem de duas vitórias consecutivas em casa sobre Palmeiras e Atlético-PR. O risco de rebaixamento que já foi de 95,4% antes do duelo com a Raposa agora é de 81,6%.

Força de vontade do grupo

Na vitória sobre o Atlético-PR, um lance, que a princípio gerou preocupação, depois mostrou a força de vontade e a garra deste grupo de jogadores. O zagueiro Alemão, que chegou a ficar desacordado alguns segundos após se chocar na área com Sidcley – no lance que originou o pênalti desperdiçado pelos paranaenses – estava pronto para ser substituído por Airton, mas, recuperado, pediu desesperadamente para continuar em campo e ajudou o Avaí a segurar o resultado no final.

 

Cinco motivos para os secadores acreditarem no rebaixamento do Leão

 

Histórico aponta amplo favoritismo para o Santos

Apesar de ter conquistado alguns resultados importantes diante do Santos, o histórico do confronto é pouco favorável ao Avaí. De acordo com o pesquisador Spyros Diamantaras, em 13 jogos foram seis vitórias do Peixe, cinco empates e apenas dois triunfos do Leão. O clube catarinense marcou 17 gols contra os paulistas e foi vazado 23 vezes pelo time da Vila Belmiro.

Avaí tem aproveitamento ruim fora

O Avaí até chegou a bater alguns grandes fora de casa, mas, no geral, o aproveitamento do Leão como visitante é ruim. Foram apenas 18 pontos conquistados em 18 jogos e um aproveitamento de 33,33%.  

Peixe quer o vice-campeonato e engordar os cofres do clube

Empatado com o Grêmio com 62 pontos e com dois a mais que o quarto colocado Palmeiras, o Santos briga pelo vice-campeonato e pela premiação de R$ 11.373.030, que seria muito bem-vinda para os cofres do clube que chegou a ficar três meses sem pagar direitos de imagem ao elenco este ano.

Avaí é o pior nos critérios de desempate, se comparado a rivais

Dos quatro times que brigam para evitar ficar com as duas vagas restantes para o rebaixamento, o Avaí leva desvantagem nos critérios de desempate. O Leão tem uma vitória a menos que Sport, Coritiba e Vitória, e tem o pior saldo de gols dos quatro.

Leão tem desfalques importantes

O técnico Claudinei Oliveira ainda não sabe se poderá contar com Júnior Dutra, artilheiro do Avaí na temporada com 16 gols, contra o Santos. O atacante foi desfalque diante do Atlético-PR devido a uma lesão na posterior da coxa e será reavaliado durante a semana para saber se tem condições de jogo. O volante Judson, destaque na vitória sobre os paranaenses, recebeu o terceiro amarelo e está suspenso.  

Publicidade

2 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade