Publicidade
Terça-Feira, 18 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Chape vira pra cima do Inter, Jandrei salva no fim e tira time do Z-4

Equipe catarinense saiu perdendo com gol de pênalti de Nico López, mas Leandro Pereira fez em duas oportunidades e construiu placar favorável ao Verdão do Oeste

LANCE!
Chapecó (SC)

 Chapecoense x Internacional  -  LIAMARA POLLI/PHOTO PREMIUM
Chapecoense x Internacional - LIAMARA POLLI/PHOTO PREMIUM


Jogo travado, mas Inter "insinuava"...

A posse de bola numericamente falando até era da Chapecoense nos primeiros minutos de jogo. Porém, isso não era traduzido na criação de oportunidades que realmente ameaçavam a meta de Marcelo Lomba. Por sua vez, aos poucos o time visitante enxergava a oportunidade de, em lançamentos nas costas da zaga adversária, pegar todo o sistema defensivo desprevenido e criar boas situações.

... e a insinuação deu certo!

Foi exatamente na base de um lançamento que surgiu o lance onde Willian Pottker foi acionado em velocidade e acabou derrubado por Jandrei na grande área. Na cobrança, o camisa 7 Nico López não perdoou, batendo firme e no centro do gol para abrir o marcador na Arena Condá.

Chance clara da Chape

Pressionando ainda mais depois de ter sofrido o gol, o Verdão do Oeste intensificou o seu volume de jogo e viu uma grande oportunidade de empate surgir na base da bola parada. Em cobrança de falta na meia-lua, o argentino Diego Torres bateu bem e viu a bola beliscar o travessão antes de sair diante de um perplexo Marcelo Lomba.

Empate pelo alto

Conseguindo se manter a frente, a pressão feita pelos anfitriões deu resultado. Aos 36, o lateral-direito Eduardo fintou a marcação de Iago e cruzou na medida para Leandro Pereira cabecear no extremo canto esquerdo de Marcelo Lomba, tudo igual em Chapecó

Contra-ataque (quase) fatal

Em dificuldades para sair jogando mediante a manutenção de volume da Chapecoense, o Colorado procurava aproveitar os poucos momentos em que detinha a posse para acelerar o ritmo.

Aos 10 minutos, Nico López deu um passe maravilhoso e viu Jonatan Álvez partir em disparada e sair frente a frente com Jandrei. Porém, o arqueiro cresceu na frente do centroavante uruguaio e fez uma grande intervenção.

Donos da casa seguiam em cima, mas...

Em volume era indiscutível que a Chape seguia mais presente no campo de ataque. Apesar disso, faltava a precisão no último passe e também para concluir os lances de perigo criados. Com isso, mesmo rondando a meta de Marcelo Lomba, o arqueiro do Inter se preocupava mais com os erros de marcação dos seus companheiros do que com os chutes diretos a sua meta.

Pênalti polêmico e virada à vista!

Em chute dado por Leandro Pereira em direção ao gol, Victor Cuesta tocou com o braço na bola após a mesma bater em seu quadril e, depois de um relativo tempo de análise, a arbitragem capitaneada por Wagner do Nascimento Magalhães decidiu por marcar a penalidade.

Na cobrança, Leandro Pereira bateu com categoria e virou o marcador a favor do Verdão do Oeste.

Esforço final e Jandrei heroico

A entrada de Camilo e D'Alessandro aliadas a necessidade de resultado deram mais opções ao setor ofensivo do Inter que exerceu um verdadeiro "abafa" nos últimos minutos. D'Alessandro, Rodrigo Moledo, Camilo e até mesmo Leandro Damião, em penalidade, tentaram e não conseguiram mudar a situação da partida em muito graças a intervenções sensacionais de Jandrei.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE X INTERNACIONAL

Data-Hora: 17/9/2018 - 20 h
Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos CBF-RJ)
Renda-Público: 16.981 pessoas-R$ 847.505,00
Cartões amarelos: Agustín Doffo, Rafael Thyere, Barreto (CHA); Patrick, Victor Cuesta, Gabriel Dias (INT)
Cartões vermelhos: Victor Cuesta (INT)
Gols: Nico López (26'/1°T) (0-1), Leandro Pereira (36'/1°T e 36'/2°T) (2-1)

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo (Barreto, aos 39'/2°T), Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos, Agustín Doffo e Diego Torres (Yann Rolim, aos 30'/2°T); Victor Andrade (Bruno Silva, aos 18'/2°T) e Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Gabriel Dias, Edenílson e Patrick; Nico López (D'Alessandro, aos 29'/2°T), William Pottker (Camilo, aos 40'/2°T) e Jonatan Álvez (Leandro Damião, aos 14'/2°T). Técnico: Odair Hellmann.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade