Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Caballero quer 'desculpa com vitória', mas deve virar reserva na Argentina

Goleiro e até os seus familiares têm recebido ofensas nas redes sociais e, de acordo com a imprensa da Argentina, deve perder sua posição na decisão contra a Nigéria, na terça-feira

LANCE!
São Paulo (SP)

Wilfredo Caballero tem sofrido com críticas e até ofensas à sua família em redes sociais por conta de sua grotesca falha no primeiro gol adversário na derrota por 3 a 0 para a Croácia, na quinta-feira. O goleiro fala em pedir desculpas com vitória, mas deve perder a posição de titular da Argentina no decisivo jogo desta terça-feira, contra a Nigéria.

De acordo com o jornal argentino Olé, Caballero perderá lugar para Franco Armani, dono da posição no River Plate e tão pedido pelos jornalistas e pela torcida do país. Mas Caballero tenta se mostrar tranquilo diante de tudo que tem lido e ouvido nos últimos dias.

- São momentos muito duros e temos que vivê-los. Gostaria de dizer muitas coisas, mas, agora, não precisamos falar, só trabalhar. Não é necessário se tornar vítima. Qualquer coisa que eu dissesse, seria questionada. Sei disso. É melhor trabalhar e pedir desculpas ganhando, não falando - disse o goleiro, por Whatsapp, à TV El Diario de Mariana, da Argentina.

Sergio Romero, do Manchester United, titular no vice-campeonato argentino na Copa do Mundo de 2014, se machucou às vésperas do Mundial da Rússia e a vaga ficou com Caballero. Mas o lance que deve culminar com a mudança no gol ocorreu no segundo tempo, quando ele entregou a bola para Rebic abrir a vitória por 3 a 0 da Croácia.

Desde então, Caballero até recebeu o apoio de alguns companheiros, mas sofre com a torcida. Suas redes sociais têm sido dominada por ofensas, inclusive para suas filhas - uma delas, Guillermina, já teve câncer no olho. Chilavert, histórico goleiro do Paraguai, tratou de defender Caballero diante da situação.

O time ainda não ganhou na Copa do Mundo e, para continuar no torneio, precisa derrotar a Nigéria, nesta terça-feira, e torcer para que a Islândia tropece diante da já classificada Croácia ou, no máximo, vença com diferença de gols inferior à imposta pelos comandados de Jorge Sampaoli.

Lanterna do Grupo D, com um ponto e -3 de saldo de gols, a Argentina enfrenta a Nigéria às 15h (horário de Brasília), em São Petersburgo. Os africanos, com três pontos, podem se classificar com um empate, caso a Islândia (dona de um ponto e -2 de saldo de gols) não vença a Croácia, que deve poupar titulares, pois soma seis pontos e é a única já classificada na chave.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade