Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Bia Maia é destaque no primeiro dia do Correios Brasil Masters Cup

Torneio em Jurerê reúne os principais tenistas do país, com jogos abertos ao público

Matheus Joffre
Florianópolis

Daniel Queiroz/ND
Bia Maia, que treina com Larri Passos, derrotou Ana Clara Duarte na estreia

O clima no primeiro dia do Correios Brasil Masters Cup era de festa. Após uma temporada de sucesso para o tênis brasileiro, o torneio de encerramento do calendário da CBT (Confederação Brasileira de Tênis) reúne os principais tenistas do país em Florianópolis. O evento é aberto ao público e acontece até amanhã no Jurerê Sports Center, em Jurerê.

O Masters Cup reúne os oito melhores tenistas de cada categoria, além de todos os representantes do tênis brasileiro em Guadalajara. No meio de tantas feras, uma jovem de 1,82 m e apenas 15 anos chama a atenção dentro e fora das quadras.

Em um dos jogos mais aguardados do dia, a paulista Bia Maia, uma das maiores promessas da nova geração, venceu a carioca Ana Clara Duarte por desistência. “É uma situação típica do tênis e pode acontecer com qualquer um”, afirmou Bia, que treina no Instituto Larri Passos, em Camboriú.

Bia conquistou seu primeiro título profissional no fim de outubro e já sonha com novos desafios em 2012. “Nada foi por acaso. Trabalhei duro para chegar até aqui. No ano que vem vou disputar o Australian Open Junior e também quero participar de outros torneios profissionais para melhorar ainda mais”, ressaltou.

Ana Clara, que teve um ano brilhante e conquistou o bronze no Pan de Guadalajara, também já projeta novas conquistas. “Esse ano foi de muito aprendizado. Joguei meu primeiro Grand Slam, o US Open, fui bronze no Pan. A ideia é continuar com o foco nesses torneios maiores. Estou bem mais experiente, 2012 promete”, garantiu.

Maioridade no tênis 

Quem também fez bonito no primeiro dia do Masters Cup foi o gaúcho Guilherme Clezar, 18 anos, que venceu João Olavo Souza, o Feijão, por desistência. Finalista de duplas juvenil em Roland Garros, ele conquistou quatro títulos em Futures em seu primeiro ano exclusivamente como profissional.

Clezar, que treina há um ano com o capitão do Brasil na Copa Davis, João Zwetsch, comemorou a boa temporada. “Foi um ano de novidades. Acho que melhorei bastante, a consistência de jogo, a postura em quadra. No juvenil somos muito precipitados e no profissional a partida flui melhor”, afirmou o tenista, que já mira o Aberto da Austrália Open em 2012. “Pelo menos o qualifying”, projetou.

Sob duas rodas

Uma das principais novidades desta edição do Brasil Masters é a inédita participação dos cadeirantes. Medalha de bronze no Parapan de Guadalajara ao lado de Maurício Pommê nas duplas, Carlos Alberto dos Santos, o Jordan, é o principal nome da categoria.

O brasiliense apoiou a iniciativa da Confederação Brasileira de Tênis e espera que essa união permaneça nos próximos anos. “É a primeira vez que temos a oportunidade de aproveitar a mesma estrutura do Masters, como já acontece nas Para-Olimpíadas e nos Para-pans, onde competimos nos mesmos locais dos Jogos”, afirmou. “Espero que seja assim daqui para frente, afinal nossa modalidade é a mesma”, completou.

SERVIÇO
Jogos do Masters Cup

Local: Jurerê Sports Center, em Jurerê
Entrada: Gratuita
Sexta: a partir das 9h
Sábado: a partir das 9h

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade