Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Avaí empata na Vila Belmiro e é rebaixado para a Série B

Empate em 1 a 1 combinado com demais resultados levou a equipe a cair para a segunda divisão

Redação ND
Florianópolis
03/12/2017 às 23H48

O Avaí lutou, mas não deu. Faltou fazer sua parte na Vila Belmiro. Vitória e Coritiba empataram seus jogos, e uma vitória avaiana livrava o time do rebaixamento. Mas, a equipe catarinense não passou do empate em 1 a 1, e vai disputar a Série B em 2018.

>> Leia mais:
“Não fomos rebaixados na última rodada”, diz técnico do Avaí
Torcedores do Avaí lamentam o rebaixamento para a Série B

Torcida sofreu acompanhando o jogo na Toca do Leão - Marco Santiago/ND
Torcida sofreu acompanhando o jogo na Toca do Leão - Marco Santiago/ND


Os primeiros 45 minutos não mudaram a tabela dos quatro times que brigavam para não cair. A ordem dos gols manteve Sport e Avaí como rebaixados.

O Coritiba marcou com Kleber e levou o empate com Eli Carlos, e Carlos Eduardo colocou o Vitória à frente do Flamengo, resultados que salvavam baianos e paranaenses.

Mas, até o apito final do primeiro tempo, o Avaí oscilou em campo. Começou com iniciativa e levando perigo ao gol de Vanderlei, como aos 12 minutos quando João Paulo arriscou de longe e acertou a trave com o goleiro santista batido.

Após os 15 minutos, o Santos controlou o jogo e só não marcou devido a duas grandes defesas de Douglas, aos 25 e 26 minutos. Mas aos 30, o goleiro avaino nada pode fazer após contra-ataque santista. Marquinhos cobrou escanteio para o Avaí, a zaga tirou e Copete arrancou em velocidade, passou por Douglas e chutou no gol vazio.

Porém, não deu tempo para lamentar. No minuto seguinte, Pedro Castro fez um golaço, chutando de longe no ângulo do gol de Vanderlei.

Gol de Pedro Castro deu esperança à torcida - Marco Santiago/ND
Gol de Pedro Castro deu esperança à torcida - Marco Santiago/ND


2º tempo

O Avaí começou a etapa final pressionado pelo Santos e pelos resultados. Aos 10 minutos, o Sport abriu o placar contra o Corinthians e aumentou o desespero azurra.

Aos 14, Juan entrou no lugar de Marquinhos. A segunda cartada tática de Claudinei Oliveira, que no intervalo colocara Luanzinho na vaga de Junior Dutra.

As mudanças não alteraram o jogo e o Santos continuou tendo as melhores chances.

O Avaí lutava, mas não criava perigo para Vanderlei. A esperança renasceu aos 32 com a entrada de Romulo, a última mexida azurra.

Aos 37, contra-ataque avaino e Romulo perdeu a chance dividindo com o zagueiro na grande área. Aos 40, Vanderlei salvou em chute de Romulo.

Os minutos finais viraram um drama na Vila Belmiro com lances de perigo de lado a lado. Romulo furou de maneira inacreditável aos 42 e aos 43 dominou errado dentro da área para desespero de todos.

Quatro minutos de acréscimo e pressão do Avaí. E o time desperdiçando chances. Luanzinho ficou livre aos 47 e chutou em cima de Vanderlei.

Ficha Técnica

Local: Vila Belmira, em Santos; Dia: 3/12/2017; Gols: Copete (S), a 30: Pedro Castro (A), a 31 do 1º tempo. Cartões amarelos: Emerson, Matheus Jesus  (S); Simião (A); Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhaes-RJ, auxiliado por Rodrigo F Henrique Correa-RJ e Thiago Henrique Neto Correa Farinha-RJ.

Santos – Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Jean Mota; Renato, Matheus Jesus ; Bruno Henrique, Vecchio (Emerson) e Copete (Rodrigo); e Kayke (Yuri Alberto). Técnico: Elano

Avaí – Douglas; Maicon, Alemão, Betão e João Paulo; Pedro Castro, Simião e Marquinhos (Juan); Maurinho, Lourenço (Romulo) e Junior Dutra (Luanzinho). Técnico: Claudinei Oliveira.

Publicidade

3 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade