Publicidade
Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Árbitro pede desculpas por gol mal anulado do Cruzeiro

O volante Bruno Silva relatou o fato no fim da partida

LANCE!
Belo Horizonte

Bruno questionou, mas absolveu o juiz do jogo (Foto: Rafael Melo/Fotoarena)
Bruno questionou, mas absolveu o juiz do jogo (Foto: Rafael Melo/Fotoarena)



Mais uma vez, a arbitragem foi o tema central no Cruzeiro depois de nova polêmica. O time celeste teve um gol de Barcos mal anulado e ficou no empate diante do Sport, por 0 a 0, neste sábado, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Brasileiro. Após o jogo, o volante Bruno Silva revelou que o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo assumiu o erro e pediu desculpas aos jogadores.

O lance que provocou polêmica na Ilha do Retiro foi aos 29min do primeiro tempo, com a participação de Bruno Silva. O volante desviou de cabeça, a bola tocou no travessão e voltou para Barcos completar. O árbitro, equivocadamente, seguiu a marcação do auxiliar número dois, Rogério Pablos Zanardo, e assinalou impedimento do argentino. Imagens do cana Premiere, no entanto, mostraram que um defensor do Sport estava quase na linha de fundo e dava condição ao ‘Pirata’.


Depois do jogo, Bruno Silva comentou o episódio e revelou o pedido de desculpas do árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo. O volante até isentou o árbitro e disse que o Cruzeiro, apesar de sair no prejuízo com o gol mal anulado, teve outras oportunidades. Como no pênalti que Raniel desperdiçou ao cobrar para defesa de Magrão, aos 40min do segundo tempo.

- O árbitro pediu até desculpas e isso acontece. Todos estamos sujeitos a errar. Não adianta pôr a culpa em alguém, faltou competência nossa para botar a bola no gol. Foi a primeira vez que isso aconteceu comigo. Por mais que a gente sinta raiva precisamos entender o pedido de desculpas dele. É um ser humano e não podemos transferir a culpa para ninguém. Faltou um pouco de capricho nosso”, declarou Bruno Silva, ‘absolvendo o juiz.

O volante disse que o Cruzeiro poderia ter saído de campo com os três pontos, mesmo com o gol mal anulado. “Fizemos um grande jogo, enfrentar o Sport aqui é sempre difícil. Estava muito calor, mas tivemos o controle do jogo na maior parte do tempo. Não estamos jogando mal, mas as vitórias, que são o mais importante, não estão vindo”, avaliou.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade