Publicidade
Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Após mais um empate no estadual, dupla precisa refazer contas para o restante do semestre

Com resultado prático quase irrelevante em termos de competição, Figueirense e Avaí precisam de foco e força nas próximas semanas se não quiserem antecipar mini-férias até a Série B

Diogo de Souza
Florianópolis
12/03/2018 às 18H17

Clássico agora só na Série B do brasileiro. O jogo que terminou com o empate entre Figueirense e Avaí já é coisa do passado. Nesse momento os times refazem os cálculos e reestabelecem os respectivos objetivos para o semestre e o restante do ano.

A verdade é que, apesar de toda gana, envolvimento e toda confusão na tarde abafada de domingo no bairro do Estreito, o resultado do confronto entre Furacão e Leão, na prática, pouco acrescentou. Pior que isso, os times saíram no prejuízo já que viram diminuir uma rodada em paralelo a mais uma vitória da líder absoluta Chapecoense.

O Figueirense, que embora ainda não tenha perdido no estadual, é o recordista em empates: são seis em 13 jogos. Somando Copa do Brasil e Catarinense o time de Milton Cruz não vence há quatro jogos. O discurso do alvinegro, no entanto, é de valorização da invencibilidade e o confronto direto com a Chape na 17ª rodada.

“O time está bem. Está invicto no estadual e ainda tem o confronto direto com a Chapecoense. Não preocupa”, garantiu Milton Cruz.

Torcedor mirim do Figueirense - Daniel Queiroz/ND
Torcedor mirim do Figueirense - Daniel Queiroz/ND


O Avaí, com uma campanha irregular, dificilmente estará na final do Catarinense. Faltando cinco jogos para o fim da primeira fase, o time de Claudinei Oliveira precisa tirar uma diferença de seis pontos para o Figueirense. O discurso na Ressacada, contudo, é esperançoso.

“Seis pontos não acho inviável. Temos que fazer nossa parte. Se seguirem empatando, é possível chegar”, projetou Claudinei.

Embora a esperança da torcida avaiana, busca pela taça deve ser adiada - Daniel Queioz/ND
Embora a esperança da torcida avaiana, busca pela taça deve ser adiada - Daniel Queioz/ND

A dupla da capital, no entanto, dá um tempo no estadual e se volta para Copa do Brasil. O Figueirense enfrenta o Atlético, na quarta, em Belo Horizonte e precisa reverter o placar adverso de um gol.

O Avaí, em contrapartida, defende uma vantagem contra o Fluminense e joga pelo empate na quinta, em casa.

 

Próximos jogos: Figueirense

14.03 – Atlético-MG x Figueirense, Copa do Brasil

Ida: Figueirense 0 x 1 Atlético-MG

 

18.03 – Figueirense x Inter de Lages, 14ª rodada do Catarinense

1º turno: Inter 2 x 3 Figueirense

 

21.03 – Joinville x Figueirense, 15ª rodada

1º turno: Figueirense 1 x 0 Joinville

 

25.03 – Figueirense x Hercílio Luz, 16ª rodada

1º turno: Hercílio Luz 1 x 1 Figueirense

 

28.03 – Chapecoense x Figueirense, 17ª rodada

1º turno: Figueirense 0 x 0 Chapecoense

 

01.04 – Concórdia x Figueirense, 18ª rodada

1º turno: Figueirense 2 x 1 Concórdia

 

Próximos jogos: Avaí

15.03 – Avaí x Fluminense, Copa do Brasil

Ida: Fluminense 1 x 2 Avaí

 

18.03 – Concórdia x Avaí, 14ª rodada do Catarinense

1º turno: Avaí 0 x 2 Concórdia

 

21.03 – Avaí x Criciúma, 15ª rodada

Ida: Criciúma 0 x 1 Avaí

 

25.03 – Tubarão x Avaí, 16ª rodada

Ida: Avaí 1 x 1 Tubarão

 

28.03 – Avaí x Brusque, 17ª rodada

Ida: Brusque 1 x 3 Avaí

 

01.04 – Avaí x Chapecoense, 18ª rodada

Ida: Chapecoense 1 x 0 Avaí

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade