Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Aguirre admite preocupação no São Paulo: 'Precisamos melhorar muito'

Treinador estreou pelo clube com uma péssima atuação na derrota por 1 a 0 para o São Caetano, fora de casa, na partida de ida das quartas de final do Campeonato Paulista

LANCE!
São Caetano do Sul (SP)

 São Caetano x São Paulo  -  Marcelo Machado de Melo/Fotoarena
São Caetano x São Paulo - Marcelo Machado de Melo/Fotoarena

Diego Aguirre adotou um tom sereno na entrevista coletiva depois de sua estreia pelo São Paulo, mas foi sincero: a fraca atuação do time na derrota por 1 a 0 para o São Caetano, neste sábado, no ABC, preocupa. O técnico não esconde a necessidade de melhora para a partida de terça-feira, no Morumbi, quando o Tricolor terá de vencer por, no mínimo, dois gols de diferença para ir à semifinal do Paulista - vantagem de um gol leva para os pênaltis.

- (A atuação) Me preocupa. Sei que não é um bom momento e temos de fazer muitas coisas para melhorar. Obviamente, me preocupa, porque temos de encontrar o time, encontrar o nível de alguns jogadores que, individualmente, não estão dentro de suas possibilidades. Temos de trabalhar com cada um deles para que ajudem o time quando jogarem - comentou o uruguaio.

O treinador optou por uma escalação diferente da estratégia que adotou em conjunto com André Jardine, interino nos dois últimos jogos. Resolveu colocar Marcos Guilherme na reserva e apostar em um setor ofensivo com Nenê e Diego Souza.

- Tentei conhecer os jogadores e buscar alternativas. Sabemos as dificuldades do time e buscamos opções com os jogadores que temos. Obviamente, temos de melhorar muito, trabalhar, e o time precisa ter mais disposição, outro jogo. Confio que vamos conseguir - apostou.

Confira outros temas abordados por Aguirre neste sábado:

Escalação deste sábado
Tentei colocá-los (Cueva, Diego Souza e Nenê juntos) para encontrar um futebol pelo meio. Sei que, talvez, não funcionou anteriormente, mas você também tem de transmitir confiança aos jogadores. Eu quero criar minhas próprias conclusões. Cada jogo é uma oportunidade aos jogadores, e eles podem aproveitar ou não. Obviamente, não gostei do jogo, mas fiquei com algumas ideias e temos de trabalhar.

Pouco tempo
Obviamente, não é o ideal ter tão pouco tempo, mas as coisas são assim e não tem de haver desculpas. Tenho de assumir a responsabilidade de conduzir o São Paulo. Temos de melhorar. É um jogo de 180 minutos, acabou a primeira parte, mas tem muito a se jogar ainda. O importante é se classificar. É difícil, mas é possível.

Sidão e Diego Souza titulares na terça
São coisas que temos de decidir amanhã e segunda-feira. Não posso tirar conclusões definitivas com os atletas por um jogo. Vamos analisando os rendimentos e quem tiver melhor vai jogar.

Opção por time mais experiente
Achei que, colocando jogadores de experiência, seria bom, em um campo difícil, e sem muitas opções. Para hoje, foi assim. Depois, é o resultado que marca, dá razão ou não. Fico triste com o que aconteceu, mas temos de reverter. É bom para nós estar de volta ao campo na terça e esquecer essa atuação que não gostei.

Marcos Guilherme na reserva
Pode dizer que foi por esse motivo (dar mais experiência) e ficamos com uma opção boa para o segundo tempo também. Faltaram muitas coisas, mas eu prefiro falar dos problemas da equipe com os jogadores.

Por que jogou tão mal?
Estou falando com cada um deles, analisando com todo o pessoal do São Paulo, para tentar ter uma ideia mais profunda de cada jogador. Não posso falar muito mais do que isso agora.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

Publicidade