Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Liga de surfe chama caso de Filipe Toledo de 'papelão' e não descarta suspensão

O surfista tentou invadir a área dos juízes após ser eliminado da etapa de Saquarema do mundial de surfe

Folha de São Paulo
São Paulo
13/05/2017 às 13H21

GUILHERME SETO E ADRIANO VIZONI, ENVIADOS ESPECIAIS

SAQUAREMA, RJ (FOLHAPRESS) - A tentativa de invasão da área dos juízes por parte do brasileiro Filipe Toledo após ser eliminado da etapa de Saquarema do Mundial de surfe foi classificada como "papelão" por Renato Hickel, comissário da World Surf League, a Liga Mundial de Surfe. Segundo ele, o caso foi "bastante sério" e pode acarretar em multa ou até mesmo suspensão de Toledo por algumas etapas.

Filipe Toledo foi o último brasileiro campeão do Rio Pro, em 2015 @WSL / Kelly Cestari -
Para Renato Hickel, Toledo prejudicou a imagem do surfe profissional -  WSL / Kelly Cestari -


"Foi bastante sério e ele infringiu bastante regras, regulamentos e protocolos da WSL. Ele tentou invadir a área dos juízes, chegou gritando. Ele prejudicou imensamente a imagem do surfe como esporte profissional. Incomodou patrocinadores, fez o 'papelão' do lado da imprensa. O CEO da Oi, principal patrocinadora do evento, estava aqui. A Comissão Disciplinar vai avaliar o caso e calcular a punição financeira", disse Hickel.

"Temos baterias claras e polêmicas. Eu, particularmente, achei uma interferência muito clara, 'textbook'. Teve colisão, e isso é óbvio que isso afeta o atleta com a prioridade. Mas tem atletas que acham que sabem mais que os juízes, e é nesse momento que erram e podem ser punidos", completou.

Hickel disse que o último caso semelhante aconteceu com o técnico do havaiano Ezekiel Lau, que invadiu a área dos juízes na etapa de Bells Beach, na Austrália. Ele recebeu multa e está "on probation", o que significa que será suspenso pelo resto da temporada se reincidir.

Toledo deve ser informado de sua punição em até uma semana.

"Ele foi muito agressivo, antiprofissional, e quebrou vários artigos do código disciplinar. É um caso bastante sério", concluiu.

IRRITAÇÃO

Um dos surfistas brasileiros nos quais era depositada mais esperança de vitória na etapa de Saquarema do Mundial de Surfe, Filipe Toledo (6º colocado no ranking) perdeu para o norte-americano Kanoa Igarashi e foi eliminado na terceira rodada.

Durante a bateria, os juízes da Liga Mundial de Surfe puniram o brasileiro por interferência (quando o surfista pega onda que era prioridade do adversário) e ele teve sua segunda melhor nota cortada pela metade. Ao fim da prova, Toledo mostrou bastante irritação, jogou sua prancha no chão e tentou chegar ao local onde ficam os juízes.

Contido por um segurança, ele ainda tentou forçar sua passagem. Depois de ser empurrado contra a parede pelo funcionário, foi retirado por um dos organizadores do local. Toledo também não passou pela área em que concederia entrevista à imprensa.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade