Domingo, 15 de Julho de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 13º C
  • #TORCIDANDAos pés da Torre Eiffel, multidão comemora o título da França na CopaMAIS COPA

Conheça a história de quem faz humor em Florianópolis

Sou Bem Floripa  - Divulgação ND
Aniversário de Florianópolis - Divulgação ND

#SouBemFloripa:

345 anos de Florianópolis

Conheça a história de quem faz humor em Florianópolis


 

O que é ser bem floripa para você? Há quem diga que o melhor de Florianópolis é o manezinho, aquele sujeito de fala rápida e abundante, que conhece a história da cidade e sente como se ela fizesse parte da sua própria.

É por meio de representações desta figura que os responsáveis pelos personagens Dona Bilica, Darci, Cuíca, Odilho, Dona Maricotinha e pelas ilustrações do Dezarranjo Ilhéu, buscam preservar e difundir a cultura florianopolitana.

A equipe do Notícias do Dia conversou com eles sobre esse trabalho, sua importância e sobre a cidade, que completa 345 anos nesta sexta-feira, 23 de março.

Dona Bilica

Bilica  - Daniel Queiroz/ND
Bilica - Daniel Queiroz/ND

Dona Bilica é “nascida e criada na Ilha, graças a Deus”, como diz ela, que está sempre com os cabelos cuidadosamente penteados e vestindo um casaco para não pegar friagem. Com seu jeito típico do nativo de Florianópolis, fala rápida e tiradas engraçadas ela já diverte quem a assiste no teatro e em outras apresentações culturais desde a década de 1990.

A personagem é interpretada pela atriz Vanderléia Will, formada há quase 30 anos pela Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina) e surgiu justamente quando ela estava na graduação. Após um amigo a convidar para fazer dupla com seu personagem, seu Maneca, ela iniciou sua pesquisa para criar a Dona Bilica.

Dezarranjo Ilhéu 

Dezarranjo  - Daniel Queiroz/ND
Dezarranjo - Daniel Queiroz/ND

O que começou como uma brincadeira nas redes sociais acabou se tornando uma oportunidade de negócio para os sócios Douglas Ferreira e Matias Althoff, que criaram uma loja virtual inspirada nas tirinhas do Dezarranjo Ilhéu. Os amigos uniram a vontade de empreender com a de disseminar a cultura e as tradições dos nativos da Ilha.

Douglas é natural de Florianópolis e aproveita suas lembranças de infância e adolescência para criar ilustrações e produzir vídeos sobre diversos temas narrados por personagens típicos da Ilha. Além de desenhar, ele também dá voz às personalidades que retrata e edita os vídeos.

Odilho

Odilho  - Daniel Queiroz/ND
Odilho - Daniel Queiroz/ND

Odilho é puro conhecimento da cultura açoriana que permeia Florianópolis. A figura anda pela cidade preparado para o que der e vier com sua sacola cheia de bugigangas, uma rosca pendurada num braço e um terço no outro, o topete penteado e a camisa passada. Como a maioria dos manezinhos, ele adora falar e contar causos.

Alceu Ramos nasceu no bairro Saco Grande, em Florianópolis, e é ator. Ele acredita que Odilho sempre esteve presente em sua vida e jamais irá embora. Para Alceu, “baixar o personagem” é uma grande responsabilidade, já que está representando o povo ilhéu e sua cultura açoriana, que tanto respeita e pela qual é apaixonado.

Darci

Darci  - Daniel Queiroz/ND
Darci - Daniel Queiroz/ND

De chapéu de palha e com o amor pela tainha estampado na camiseta, Darci é uma eterna alma de gurizão, que nasceu no bairro João Paulo, em Florianópolis. Engraçado e um pouco maluco, ele adora contar suas histórias e se preocupa muito com a natureza da Ilha onde nasceu e adora viver.

O personagem é fruto da imaginação de Moriel Costa, conterrâneo de Darci, que se inspirou na convivência com familiares de outra região da Ilha, a Costa da Lagoa. O jeito de viver e falar dos moradores do local, que Moriel descreve como uma colônia de pescadores com características indígenas, despertou seu interesse e foi assim que ele começou a imitar o sotaque deles.

Maricotinha

Maricotinha  - Daniel Queiroz/ND
Maricotinha - Daniel Queiroz/ND

Rendeira e benzedeira são apenas alguns dos ofícios que descrevem Dona Maricotinha. Vestindo seu casaco colorido e usando muitos tic-tacs de diversas cores na cabeça, ela caminha pelas ruas da cidade, onde procura conversar com as pessoas que encontra pelo caminho e contar seus causos, gesticulando como se não houvesse amanhã.

Maricotinha foi uma surpresa na vida da atriz Mônica Prim, que desde criança já demonstrou interesse pelo teatro. Ela foi convidada para interpretar uma das tradicionais manezinhas de Florianópolis em um concerto denominado “Noite Açoriana”, em homenagem a cultura açoriana, e a personagem fez tanto sucesso, que a atriz resolveu dar continuidade às apresentações.

Cuíca

Cuica  - Daniel Queiroz/ND
Cuica - Daniel Queiroz/ND

A monocelha e o pente no bolso da camisa são marcas registradas de Cuíca, manezinho apaixonado por Florianópolis, que está sempre pronto para puxar uma conversa com quem encontrar pelo caminho. Ele adora reclamar e passear, ir até o Mercado Público observar o movimento e as pessoas, jogar sinuca e contar sobre seu cotidiano em família.

Gilberto Barcella é um admirador da cultura e das tradições da Ilha. Desde jovem, gosta de conversar com moradores antigos de Florianópolis para conhecer mais ainda do passado da cidade onde nasceu. O personagem Cuíca surgiu após uma mudança importante na carreira de Gilberto, que era programador e acabou indo trabalhar na área da comunicação.

Você sabe tudo sobre Floripa? Se quéx, quéx, se não quéx, QUIZ!

Os principais ícones de Florianópolis testam os seus conhecimentos sobre a cidade em um quiz com perguntas que desafiam até mesmo os manezinhos mais entendidos! Você lembra em que ano ocorreu o incêndio no Mercado Público? Sabe qual time da Capital tem mais títulos no Campeonato Catarinense? E qual era o apelido do militar que deu nome à cidade? Participam da disputa Dona Bilica, Douglas Ferreira (Dezarranjo Ilhéu), Odilho, Darci, Dona Maricotinha e Cuíca.


Moradores de Florianópolis revelam quais seriam os presentes ideais para a cidade

Florianópolis já foi palco de muitas histórias, passou por mudanças e cresceu em diversos aspectos ao longo de seus recém completados 345 anos. No aniversário da cidade, quem melhor do que os moradores para dizerem qual o presente que ela merece receber? A equipe do Notícias do Dia foi até o Centro para saber o que quem vive em Florianópolis gostaria que ela ganhasse. A maioria das pessoas entrevistadas pediu melhorias na mobilidade urbana e uma política mais preocupada com o bem estar da cidade e dos moradores. Leia mais. 

Presente para Florianópolis  - Reprodução/ND
Presente para Florianópolis - Reprodução/ND

Reportagem: Marina simões e Kalynka Albuquerque 
Captação de imagens: Daniel Queiroz e Marco Santiago
Vídeo: Gustavo Bruning 
Edição: Sendy Luz 

Equipe #Floripa345: da esq. para a dir.: Gustavo Bruning, Kalynka Albuquerque, Sendy Luz, Marina Simões e Daniel Queiroz - Flávio Tin/ND
Equipe #Floripa345: da esq. para a dir.: Gustavo Bruning, Kalynka Albuquerque, Sendy Luz, Marina Simões e Daniel Queiroz - Flávio Tin/ND