Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, abre nesta quinta em clima de otimismo

Motorshow IAA, que começa nesta quinta-feira, é considerado o maior do mundo para apresentar novidades para o mercado automotivo

Luis Meneghim
Florianópolis
Divulgação/ND
Segunda geração do BMW X1 será apresentada oficialmente no Salão de Frankfurt


A cada dois anos Frankfurt abre as portas do seu motorshow, o IAA, considerado o maior do mundo para apresentar novidades para o mercado automotivo. O salão começa no dia 17 em clima de otimismo graças ao bom desempenho de marcas como BMW, Audi, Porsche e Mercedes-Benz. Estão reservadas diversas estreias mundiais e os utilitários esportivos de luxo (SUVs) terão destaque especial entre os expositores. Afinal, é o segmento que continua em franco crescimento. Os fabricantes prometem acelerar em Frankfurt, mostrando tendências para o futuro e tentando olhar a crise pelo retrovisor.

Entre os fabricantes alemães, a BMW antecipa que levará luxo e tecnologia para o seu estande, onde a principal estrela será a sexta geração do Série 7. O modelo ganhou nova estética e mais tecnologia incluindo no portfolio do fabricante uma inédita versão híbrida que reúne sob o capô motor elétrico e a gasolina. Outra novidade anunciada é o crossover X1, atualmente fabricado em Araquari. A segunda geração será apresentada oficialmente em Frankfurt, mas a fabricação em Santa Catarina só deverá acontecer em 2016.

Uma das principais estrelas da mostra deverá ser o Jaguar F-Pace, o primeiro utilitário esportivo da marca britânica, já revelado em imagens antes do salão. Sem oferecer mais detalhes, a Jaguar informou que o novo SUV compartilha a plataforma do recém-lançado XF.  

A Mercedes-Benz exibirá o Classe C Coupé com desenho inspirado no Classe S Coupé. O destaque fica por conta do design arrojado da traseira, já que a linha do teto descende a partir da terceira coluna. O veículo ganhou uma versão turbinada, com motor V8 de 4.0 litros, preparado pela divisão esportiva AMG.

Duas estreias estão sendo preparadas pela Ford. O novo Edge, o SUV de luxo da marca já lançado nos Estados Unidos, e a versão europeia do EcoSport, que perdeu o estepe preso na tampa traseira.

Os superesportivos também terão espaço garantido na exposição porque a paixão pelos motores potentes continua viva. A Ferrari 488 Spider promete sacudir o estande da marca italiana. Segundo o fabricante é o que tem a melhor aerodinâmica já produzido em Maranello e sua carroceria é feita com 11 tipos de alumínios diferentes. O motor é um V8 biturbo de 3.9 litros e 670 cv de potência. Para os amantes da esportividade outra atração será o Alfa Romeo Giulia, agora com uma versão denominada QV- Quadrifoglio Verde, com motor de seis cilindros com dois turbos de 2.9 litros e 510 cv desenvolvido em parceria com a Ferrari.

Conceitos apontam para o futuro

Os carros conceitos fazem parte de qualquer motorshow internacional. Em Frankfurt não será diferente. As marcas francesas apostam nos conceitos para atrair a atenção do público. E nada melhor do que uma proposta futurista para despertar curiosidades. A Peugeot levará para o salão um roadster- cupê com teto retrátil batizado de Fractal, que conta com propulsor elétrico e a Renault também mostrará a sua futura picape média chamada de Alaskan, desenvolvida em parceria com Nissan e Mercedes-Benz.

A Citroën apresenta uma proposta despojada, o crossover conceito Cactus M, um conversível com teto inflável que pode ser removido para ser usado, por exemplo, como barraca de camping ou apoio de pranchas de surf. O veículo utiliza material plástico nas portas e os assentos são revestidos em neoprene, que resiste à água. 

São veículos como este que servem para experimentar novas tecnologias e testar o gosto do público. Alguns destes projetos serão abandonados pela engenharia das montadoras, mas outros poderão chegar às ruas.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade