Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

O encantador Jardim das Fragrâncias: Os ambientes da CASACOR / Santa Catarina

Arquiteta Larissa Gransotto e designer de interiores Laura Gransotto ambientam um espaço que tem a generosidade da natureza em todos os cantos

Alessandra Cavalheiro
Florianópolis
05/11/2018 às 11H40

Jardim das Fragrâncias, por Larissa Gransotto e Laura Gransotto - Foto/Lio Simas
Jardim das Fragrâncias, por Larissa Gransotto e Laura Gransotto - Foto/Lio Simas


Um lugar cheio de encantos no generoso jardim da casa. Palco para a criação de mãe e filha: Larissa Gransotto e Laura Gransotto apresentam o projeto Jardim das Fragrâncias, que complementa o espaço Home Fragrances, a loja de aromas da casa.  São 205m² em meio a majestosas árvores e plantas. “O espaço natural preexistente foi a inspiração principal para a criação do jardim. A partir dele, a eleição dos quatro elementos da natureza (terra, fogo, água e ar) representam os quatro principais ambientes de composição”, conta a arquiteta Larissa Gransotto.

No tom da Casa Viva, a ênfase é no ambiente natural, conectando a vegetação exuberante do local com novas inserções de vegetações nos percursos e estares compostos de linhas retas, volumes bem definidos, mas ambiência aconchegante. Entre os diferenciais, materiais naturais e sustentáveis, natureza presente e aguçada nos vários sentidos (olfato, tato, visão, audição).

Explicam as profissionais Laura e Larissa que há ambientes utilizáveis de estar, com as especificidades de lareira, fonte, SPA, pergolado e decks. A paleta de cores está integrada com os novos materiais inseridos na preexistência. A arte e o artesanato locais estão inseridos cuidadosamente no jardim.

Materiais especiais dão funcionalidade e beleza

Os percursos do Jardim das Fragrâncias são formados por pisos drenantes e decks em madeira certificada. Há revestimento de parede, piso e cobogó em material cimentício, também certificado. Piso terroso artesanal, pergolados em madeira, tecidos rústicos. O porcelanato é padrão cimento queimado, piso monolítico padrão cortein, lareira, bancada e fonte em pedra natural. O mobiliário em madeira e apurado design para área externa chamam atenção dos visitantes.

 A proposta do ambiente do jardim é a desconexão, ênfase na natureza, diante de uma centenária seringueira que abraça o jardim. Em termos de sustentabilidade, há a utilização do piso drenante em grande parte da área utilizada, permitindo permeabilidade ao local, diversos revestimentos com certificação ambiental, consideração da preexistência da vegetação com preservação em 100% das espécies.

“A criação do Jardim das Fragrâncias em direta conexão com a loja de aromas de ambientes busca expressar, com utilização dos materiais sustentáveis e da presença forte da natureza a forma mais agradável de viver, tanto o morar quanto o trabalhar”, diz Larissa Gransotto. “A natureza local é o maior bem. Foi ela que regeu, em todos os momentos, o novo uso, os percursos, a localização dos espaços, os visuais”.

A arte está presente em duas esculturas em ferro do artista moçambicano Emanuel Vasco Nunes, simbolizando fogo e ar. Há esculturas de troncos e raízes de árvores e muito design floral, junto ao ambiente terra. Volumes em pedra compõem dois ambientes (fogo e água), com textura e desenhos naturais exuberantes.

Como proposta para o visitante aplicar em casa, o jardim tem a subdivisão do grande espaço em quatro ambientes menores: o ambiente em torno da lareira, o ambiente em torno de uma fonte de água, o pátio interno com design floral (ambiente terra) e o pergolado com deck (ambiente ar) para momento de relaxamento. “Desde a primeira visita ao local, passando pelos primeiros esboços até a concretização final da obra, com ambientação de cada espaço, o propósito fundamental é norteado pelo tema da CASACOR este ano: a Casa Viva. A natureza é o mote principal do Jardim das Fragrâncias”, dizem Laura e Larissa Gransotto.

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade