Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Manobras radicais no céu de Itapema

Ratão, piloto profissioal, empolgou a plateia no 9º Encontro de Ultraleves

Ana Maria Veiga
Tijucas
Flávio Tin/ND
Ratão voa há 25 anos

Aos 75 anos, Alice do Amaral Ferreira, fica com o coração na mão toda vez que o filho está no ar. Mãe do piloto Fábio Luiz de Almeida, o Ratão, a senhora vai a todos os eventos de aviação que ele participa. Mesmo há 25 anos entre as aeronaves, Alice ainda está se acostumando com a profissão do filho. Durante o final de semana ela vibrava e rezava, a cada manobra radical que cortava o céu de Itapema. Ratão e outros 130 pilotos participaram do 9º Encontro de Ultraleves.
Ratão é um dos pilotos profissionais mais conhecidos do Sul do Brasil. No Encontro de Ultraleves, em Itapema, ele é atração à parte. Com um avião específico para manobras radicais, a 400 quilômetros por hora, ele arranca aplausos da plateia e gritos da mãe. “Esse meu filho é louco”, se desespera. Mesmo sofrendo com as aventuras do filho, Alice se orgulha da profissão que ele escolheu. “No começo queria que ele desistisse. Mas hoje sei que é a paixão dele”. Leia a íntegra da reportagem na edição impressa do Notícias do Dia desta segunda-feira.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade