Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Fiat Toro: O carro das muitas possibilidades

Grande lançamento da FCA em 2016 tem o desafio de unir as vantagens de uma picape, de um SUV e de um sedã, conseguindo apresentar conforto, segurança, estabilidade e uma caçamba versátil

Alessandra Ogeda

Inspirada na criatividade dos lançamentos da Apple, a FCA (Fiat Chrysler Automobiles) apresentou no dia 15 a sua grande aposta para avançar no mercado em 2016: o Fiat Toro. O carro tem a ousadia de tentar misturar algumas das principais qualidades e características de uma picape, de um SUV (veículo esportivo esportivo) e de um sedã. O ND foi convidado para o lançamento e para conferir o desempenho do Toro nas ruas de Campinas (SP).

Fiat/Divulgação/ND
O Fiat Toro tem potência, estabilidade, muita tecnologia embarcada e a vantagem de unir o conforto e o espaço interno de um SUV com a versatilidade de uma picape sem ser exageradamente grande

 

A mais nova aposta da Fiat, que classifica o Toro como SUP (picape utilitária esportiva), categoria que a Renault afirma ter inaugurado com o Duster Oroch no final de 2015, foi lançado como um carro de "infinitas possibilidades". Quem conferir o comercial de lançamento do veículo verá aquela ousadia criativa da Apple na mensagem. De fato o Toro é muito mais confortável que uma picape compacta e mais versátil que uma SUV, mas a comparação com um sedã fica restrita a alguns detalhes.

Os jornalistas convidados para o lançamento do veículo tiveram um percurso urbano e um tanto curto - cerca de 20 quilômetros - para percorrer no test drive do Toro. A primeira sensação ao dirigir o Toro na versão Volcano, a mais completa e que custa R$ 116,5 mil, foi a de ter nas mãos um carro confortável, robusto e muito estável.

O motor 2.0 turbodiesel com câmbio automático dá conta do recado na cidade para quem busca facilidade em dirigir, mas não é a melhor opção para quem gosta de ter uma resposta rápida do veículo na aceleração. Isso porque apesar do motor ser robusto, a mudança de marcha com o câmbio automático demora um pouco mais que o desejado para acontecer.

Por outro lado o motor 2.0 turbodiesel com alta tecnologia ajuda na economia com o combustível. O Toro se destaca também pela estabilidade nas curvas e pelo menor impacto para os ocupantes do veículo nos buracos e demais desafios da pista. Mérito da suspensão traseira multi-link e da escolha da McPherson para a dianteira. 

 

 

Diferenciais fundamentais

Quando você está dirigindo o Toro a imaginação vai longe sobre todas as possibilidades de utilização do carro. Como ele é confortável e passa a sensação de segurança e estabilidade, a vontade é de sair para testá-lo em ambientes mais agrestes e desafiadores.

Na divulgação do carro a Fiat teve uma boa sacada ao promover o Toro Labs, experiência em que os jornalistas conheciam detalhes da proposta do veículo em oito ambientes. O que mais chamou a atenção foi o Lab da Pós-Venda, em que foram apresentados diferenciais como todas as possibilidades de acessórios para o melhor aproveitamento da caçamba - como o bagageiro elevado, as bolsas para caçamba e o surpreendente extensor para a caçamba. Com este último recurso a caçamba de 820 litros aumenta em 407 litros - o que permite carga de até 1 tonelada. 

Além disso, a Fiat acertou em oferecer acessórios que serão instalados na fábrica, o que aumenta a cobertura da garantia e a possibilidade de customização. Finalmente, há o diferencial do pacote de manutenção do veículo, que oferece de duas a 10 revisões no Toro Flex e de duas a cinco revisões no Toro Diesel com valores fixos por revisão e com a possibilidade de dividir o gasto nas prestações do carro que, assim, passa a ter até cinco anos de garantia. 

 

 

Ficha técnica

- Toro Freedom 1.8: versão de entrada do SUP com motor 1.8 Flex, com potência máxima 135/139 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol); tração dianteira; câmbio automático de 6 marchas; piloto automático com controlador de velocidade; ESC (controle eletrônico de estabilidade); Hill Holder (auxiliar de partida em subidas); ar-condicionado; direção elétrica. Preço: R$ 76,5 mil.

- Toro Opening Edition: série especial de lançamento do Fiat Toro tem motor 1.8 Flex 16V, câmbio automático de 6 marchas e os mesmos itens do Toro Freedom, mas com o adicional de rodas de liga leve de 16" com parafusos anti-furto, faróis de neblina, retrovisores elétricos rebatíveis com tilt down e luz de conforto, capota marítima na caçamba, ar-condicionado dual zone, câmara de ré, volante em couro com borboletas para troca manual de marchas e central multimídia Uconnect Touch NAV 5". Preço: 84,4 mil.

- Toro Freedom 2.0: tem duas versões com o motor 2.0 Turbodiesel 16V com potência máxima de 170 cv; câmbio manual de 6 marchas; tem todos os equipamentos do Freedom mas com adicionais nas versões 4x2 (Skid Plate integrado ao para-choque dianteiro, rodas de aço de 16" Super Spoke e protetor de cárter) e na versão 4x4 (controle automático em descidas íngremes no fora de estrada, retrovisores externos elétricos com memória, alarme e iluminação de caçamba. Preço: R$ 93,9 mil (versão 4x2) e R$ 101,9 mil (versão 4x4)

- Toro Volcano 2.0: motor 2.0 Turbodiesel 16V; câmbio automático de 9 marchas; tração 4x4; tem todos os equipamentos das versões anteriores e mais os adicionais ar-condicionado dual zone, rodas de liga leve de 17", câmera de ré, central multimídia Uconnect Touch NAV de 5", quadro de instrumentos com display em TFT de 7" colorido, faróis de neblina cornering, faróis principais com DRL (LEDs de segurança diurnos). Preço: R$ 116,5 mil

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade